Arcadia
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Arcadia
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Arcadia
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

De onde vem o perigo? Saiba as 10 causas de morte mais comuns

Tapa Da Pantera
há um ano4 visualizações

A gente tem todo tipo de medo, né? Medo de avião, medo de altura, medo de elevador e por aí vai… Nem sempre é o caso, mas muitas dessas nossas fobias do dia a dia têm a ver com a possibilidade de morte e com a nossa falta de controle sobre isso. Afinal, se o avião tem problema, o que se faz, né? 

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
De onde vem o perigo? Saiba as 10 causas de morte mais comuns

Mas que tal colocar uma dose de racionalidade nesses medos? Um bom começo para isso é ver a lista abaixo, que cita as dez causas de morte mais comuns no planeta atualmente. Se seu medo não estiver aí, pode ficar tranquilo - quer dizer, menos preocupado.

10. Afogamento

Milhares de pessoas se afogam nadando todos os anos, seja por não conhecer o mar/rio ou por acidentes com barcos e correntezas inesperadas. Segundo o site Alternet, a chance de uma pessoa morrer afogada é de uma em 8.900.

9. Acidente de bicicleta

De onde vem o perigo? Saiba as 10 causas de morte mais comuns

Taí porque ciclovias são importantes. Uma entre cada 4.700 pessoas morre em um acidente de bicicleta. Se esse é seu meio de transporte preferido, use as ciclovias, não esqueça o capacete e tome cuidado.

8. Fogo

Não é que tanta gente assim morra queimada. O problema com o fogo - ou com os incêndios, melhor dizendo - é que respirar a fumaça provoca morte. Uma entre cada 1.100 mortes no mundo tem a ver com fogo.

7. Armas de fogo 

De onde vem o perigo? Saiba as 10 causas de morte mais comuns

Nos países com controle de armas mais rígidos, as chances são menores (e o Brasil tem um controle bastante rígido para cidadãos comuns - só não avisaram os traficantes sobre isso ainda). Nos EUA, onde o controle é bem menor, as chances aumentam. No total, uma em cada 325 mortes no mundo acontece com uso de armas de fogo.

6. Queda

Sim, tombos provocam mortes - principalmente na terceira idade. Quanto mais velha a pessoa, maior a chance de falecer em uma queda. Entre idosos, uma em cada 250 mortes ocorre por acidentes assim.

5. Suicídio 

De onde vem o perigo? Saiba as 10 causas de morte mais comuns

Um milhão de pessoas cometem suicídio anualmente. O número é assustador. A cada 120 mortes no mundo, uma acontece por uma pessoa que tirou sua própria vida.

4. Acidente de trânsito

Não, aviões não são tão perigosos assim. Dirigir pelas ruas e estradas, estatisticamente falando, é muito mais arriscado. Hoje, 1% das mortes no mundo acontecem em batidas de trânsito.

3. Derrame cerebral

Derrames matam uma de cada 23 pessoas no planeta atualmente.

2. Câncer 

De onde vem o perigo? Saiba as 10 causas de morte mais comuns

É um dos males mais cruéis que a humanidade enfrenta e ainda não encontrou cura definitiva. Uma em cada sete mortes acontece assim.

1. Problemas do coração

É a maior causa de morte no mundo. Hoje, 20% (uma em cada cinco) das pessoas morrer por problemas diversos no coração. 

Nós, gamers, somos mais atentos, e estudos comprovam isso

Tapa Da Pantera
há um ano2 visualizações

Só quem passa horas por semana diante de uma telinha com um controle de videogame na mão sabe a sensação. Durante aqueles minutos, nada é mais importante no planeta do que calcular o salto perfeito, apertar o botão de soco naquele exato centésimo de segundo, meter a bola no ângulo depois de um passe milimétrico com L1 e triângulo. 

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Nós, gamers, somos mais atentos, e estudos comprovam isso

Enquanto a maioria acha que a gente está “brincando” com aquele consolo, só a gente sabe a concentração que precisa para fazer isso. Bom, só a gente sabia. Um estudo da Universidade Nottingham Trent constatou que gamers realizam com mais eficiência exercícios de atenção e percepção visual. FINALMENTE!

Sim, agora o mundo inteiro sabe porque o estudo foi publicado na revista científica Perception. Os pesquisadores britânicos fizeram o teste com 24 jovens com idade média de 22 anos. Metade deles passa de uma a cinco horas por semana no videogame. A outra metade não jogava nada nas telinhas. 

O exercício consistia em encontrar o mais rápido possível letras de cores diferentes ou invertidas em uma tela de 27 polegadas. O resultado? Gamers foram 30% (TRINTA POR CENTO!) mais eficientes do que os não-gamers. A conclusão é que gamers são mais eficientes na hora de analisa informação rapidamente, já que costumam fazer isso com frequência nos jogos. Ou seja: GAMERS RULE.

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
TapaDaPantera
Equipe Storia Brasil