Arcadia
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Arcadia
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Arcadia
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Os 7 games mais assustadores de todos os tempos

Tapa Da Pantera
há um ano16 visualizações

O dia chegou: 31 de outubro, Halloween, aquela noite que a galera sai pelas ruas fantasiada, batendo de porta em porta pedindo doces e fazendo travessuras. Aqui no Brasil, o Dia das Bruxas virou mais festinha a fantasia mesmo, sem a tradição de aprontar na casa dos outros.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Os 7 games mais assustadores de todos os tempos

Mas se você não vai a festa nenhuma e está planejando passar a noite vendo no TV ou no videogame, essa listinha aqui é certeza de calafrios. Principalmente se a casa estiver em silêncio total. Vai encarar? Se você sobreviver aos trailers abaixo, já pode se considerar forte, viu?

1. Resident Evil HD 

O primeiro Resident Evil, lançado em 1996, já provocava pesadelos (literalmente!) nos gamers. A versão HD, lançada em 2002 e remasterizada (sim, também fazem isso com games) em 2015, deixa a coisa ainda mais sinistra e nervosa.

2. Silent Hill 2 

Talvez, levando tudo em consideração, seja o jogo mais assustador de todos. É perturbador porque aborda questões psicológicas do personagem principal, que encontra outras almas torturadas pelo caminho. Tem tragédia, abuso sexual e todo tipo de trauma. É forte.

3. Enemy Zero 

O game não fez tanto sucesso assim, mas a sensação de explorar uma nave vazia com apenas um sonar para detectar inimigos invisíveis era tensa demais. A trilha de suspense só aumenta o clima.

4. Outlast 

Aqui, o objetivo é investigar um manicômio abandonado que está cheio de mistérios e cadáveres. O que deixa o gamer tenso são as sequências de perseguições e os sustos que o jogo dá de tempos em tempos. Some isso tudo a um ponto de vista limitado a uma câmera de visão noturna, e a combinação é daquelas que não deixam o gamer dormir tranquilo depois de desligar o console.

5. Amnesia: The Dark Descent 

Tensão, pânico e ansiedade dão o tom aqui. A trilha e o ambiente são de deixar qualquer um com os nervos à flor da pele. Amnesia ainda tem o chamado “sanity system”, que impede o personagem de olhar direto para monstros desfigurados.

6. DayZ 

Jogo de mundo-aberto (ou “open-world”, como chamam os gringos) cheio de zumbis. Sim, quem disse que dava pra fazer uma lista dessa sem zumbis? Só que além dos sustos, o que o gamer precisa mesmo é prestar atenção no que os outros humanos vão fazer. É tenso.

7. Fatal Frame II: Crimson Butterfly 

FF2 faz o contrário dos jogos de terror. Em vez de fugir como um louco, aqui o gamer precisa encarar o medo e tirar fotos de cenas assustadoras. 

6 maneiras diferentes de usar os controles do Nintendo Switch

Tapa Da Pantera
há um ano11 visualizações

A gente já viu que o Nintendo Switch foi lançado com a intenção de mudar a relação entre o consumidor e o console caseiro. O novo aparelho da empresa japonesa inclui até uma espécie de tablet que o gamer pode levar para a rua. E os controles, então? São seis (SEIS!!!) maneiras diferentes de usar o negócio. Olha que coisa doida:

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

1. Joy-Con + TV 

6 maneiras diferentes de usar os controles do Nintendo Switch

Sim, a Nintendo vem chamando isso de Joy-Con. É um controlão onde ficam encaixados dois Joy-Cons. Com o console conectado à TV da sala, você usa o Joy-Con dessa maneira.

2. Joy-Cons + Switch 

6 maneiras diferentes de usar os controles do Nintendo Switch

Sabe a caixinha da foto acima? Você desconecta os dois Joy-Cons e liga eles no tablet que fica dentro do console. É como se você tivesse um console portátil no formato do antigo Game Gear, lembra?

3. Joy-Cons separados + Switch 

6 maneiras diferentes de usar os controles do Nintendo Switch

Aqui você volta a separar os dois Joy-Cons pequenos e segura cada um deles em uma das mãos. A telinha/tablet fica de pé em algum apoio horizontal.

4. Joy-Con solteiro + Switch 

6 maneiras diferentes de usar os controles do Nintendo Switch

Com a tela solta do mesmo jeito que no formato anterior, é possível jogar o Switch com um Joy-Con separado, solteiro. Desse jeito, duas pessoas podem jogar na mesma telinha. Cada uma segura um dos Joy-Conzinhos.

5. Controle Switch Pro + TV 

6 maneiras diferentes de usar os controles do Nintendo Switch

Okay, essa seria a formação mais clássica da coisa. A Nintendo também está produzindo um controle “padrão” para a galera que não quer se desapegar do jeito “antigo” de jogar. Então se você preferir assim, basta usar o controle “Switch Pro” com o console ligado na TV.

6. Controle Switch Pro + Switch 

6 maneiras diferentes de usar os controles do Nintendo Switch

Se você quiser levar o Switch versão tablet para a rua, também dá pra usar o controle Switch Pro. Assim, o que não falta é opção, né?

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
TapaDaPantera
Equipe Storia Brasil