Campos e quadras
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Campos e quadras
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Campos e quadras
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Gelo no pescoço melhora desempenho no esporte, mas não como você acha

Tapa Da Pantera
há 3 meses15.4k visualizações

Quando o circuito mundial de tênis chega ao verão no hemisfério norte, a cena é cada vez mais frequente. Em casa intervalo, tenistas penduram toalhas geladas no pescoço. Você pode pensar que isso ajuda no desempenho porque faz os atletas esfriarem a cabeça ou porque a toalha ajuda a diminuir a temperatura do corpo. Não é bem isso. A toalha gelada ajuda mesmo no desempenho, mas por um motivo diferente e curioso.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Gelo no pescoço melhora desempenho no esporte, mas não como você acha

Um estudo, publicado no jornal Sports, descobriu a eficiência do gelo no pescoço analisando partidas de tênis de mesa, mas afirma que os resultados também se aplicam a outros esportes de habilidade e precisão como o tênis. E a verdade é que a toalha gelada funciona não por baixar a temperatura de alguém, mas por reduzir a sensação termal, enganando o cérebro e fazendo com que ele perceba menos cansaço.

No tênis de mesa, o estudo apontou uma precisão 15% maior nos golpes de atletas que usaram toalhas geladas em comparação com mesatenistas que não se resfriaram.

Gelo no pescoço melhora desempenho no esporte, mas não como você acha

Lindsay Bottoms e Terun Desai, pesquisadores da Universidade de Hertfordshire, acreditam que isso acontece porque o cérebro humano reduz a intensidade de um exercício de acordo com o aumento no cansaço. Isso provoca queda de desempenho em esportes que exigem alta intensidade.

A descoberta mostra que resfriar o pescoço ajuda a manter o desempenho no ápice porque reduz essa percepção por parte do cérebro. Ou seja, a toalha gelada causa um efeito psicológico e não fisiológico. 

Esse cidadão é tão fã de Rafael Nadal que pediu autógrafo na prótese

Tapa Da Pantera
há 3 meses20.5k visualizações

Em torneios de tênis,é bastante comum ver crianças pedindo autógrafos ao fim das partidas. A garotada fica posicionada estrategicamente na beira da quadra, bem no caminho que os atletas vão tomar para sair da quadra. A maioria dos jogadores para, assina revistas, bolinhas, camisas e tudo mais. Só que este ano, no Torneio de Wimbledon, uma cena muito diferente chamou atenção.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Esse cidadão é tão fã de Rafael Nadal que pediu autógrafo na prótese

Logo depois de vencer seu jogo de segunda rodada contra o americano Donald Young, Rafael Nadal fez o de sempre. Tomou o caminho de saída e parou logo antes do fundo de quadra para dar autógrafos. Eis, então, que surge um senhor de meia idade e entrega ao tenista… uma perna! Sim, uma prótese de perna, com tênis e tudo.

Nadal deu uma risada, apoiou a perna mecânica em sua raqueteira e autografou, entregando a prótese de volta ainda com um sorriso no rosto. Mais uma prova de o quão cativante são os esportes. Fã não tem idade nem sexo e, às vezes, nem perna. 

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
TapaDaPantera
Equipe Storia Brasil