Cineclube
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Cineclube
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Cineclube
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

5 filmes latino-americanos de 2016 que você precisa ver

Tapa Da Pantera
há 10 meses74 visualizações
5 filmes latino-americanos de 2016 que você precisa ver
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Não dá pra negar que 2016 foi um ano interessante para o cinema latino-americano. O que não faltou foi filme da região atravessando oceanos para serem exibidos em festivais internacionais - e com sucesso, viu? Escolher cinco até parece injusto, mas é um bom começo para quem não conseguiu ir tanto assim ao cinema neste ano.

1. Aquarius (Brasil)

O que teve de polêmica, Aquarius está tendo de sucesso. O filme de Kleber Mendonça Filho, estrelado por Sônia Braga, foi eleito o quarto melhor filme do ano pela revista francesa “Cahiers du Cinéma” e também ficou em duas listas de top 10 dos melhores do ano no New York Times. 

O roteiro coloca Sônia Braga como dona de um apartamento em um prédio antigo de Recife. Ela se nega a vender o imóvel a empreiteiras e, por isso, começa a sofrer todo tipo de assédio, o que leva a vária situações tensas.

2. Tempestad (México)

O documentário de Tatiana Huezo mostra a realidade de duas mulheres mexicanas. Uma delas, Miriam, funcionária de um aeroporto, foi presa injustamente, acusada de tráfico de pessoas. A outra, Adela, é palhaça em um circo e perdeu uma filha há uma década. 

O filme fala da violência contra as duas mulheres e da impunidade no México. No Festival de Berlim, Tempestad ganhou o Prêmio Fênix de melhor longa-metragem.

3. El Ciudadano Ilustre (Argentina)

O filme é protagonizado por Oscar Martínez (eu sei, você leu “Argentina” e estava esperando Ricardo Darín, né?) e foi um enorme sucesso de bilheteria no país. Por tudo isso, é o representante do país no Oscar.

O roteiro coloca um escritor que deixa um povoado na província de Buenos Aires e nunca voltou. Já mais velho e consagrado, ganha o Prêmio Nobel de literatura. Só que a honra lhe rende todo tipo de convites - inclusive um que o coloca diante de fantasmas do passado.

4. Neruda (Chile)

Pablo Larraín, diretor do aclamado “No” (2012), também assina Neruda, filme biográfico sobre o poeta chileno, ganhador do Prêmio Nobel de Literatura em 1971. 

A película se concentra nos anos da perseguição política contra Neruda durante o governo de Gabriel Enrique González Videla. Foi quando o escritor foi senados pelo Partido Comunista. “Neruda” também fez sucesso em Berlim, ganhando a estatueta de melhor filme.

5. Boi Neon (Brasil)

O filme de Gabriel Mascaro se desenrola no nordeste. A protagonista, Iremar, trabalha nas vaquejadas ao lado de personagens curiosos. Ele enfrenta mudanças na sociedade e na indústria de sua região e vê na moda uma oportunidade para suas criações.

Boi Neon ganhou o prêmio da crítica no Festival de Toronto e também foi premiado como melhor roteiro em Berlim.

10 atores que não curtem se ver nas telas

Tapa Da Pantera
há um ano87 visualizações

Eu detesto me ver nas câmeras. Prefiro deixar registrado na memória a bela fantasia que faço de mim mesma. E doidos como eu há uma porção de gente encabulada de ver e ouvir a si próprio. Natural! A gente começa a reparar na papada que não aparece tão facilmente no espelho de casa, naquele pneuzinho que forma quando a calça pega na cintura, aquele volume grotescamente arredondado que aparece na lateral do braço... A pessoa tem que estar muito bem resolvida com ela mesma para não ligar para nenhum desses pequenos “desvios” de imagem que aparece no vídeo. E olha que não estou nem falando nos 50 quilos que as câmeras colocam na pessoa.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Ter vergonha de se ver no vídeo é tão comum, mas tão comum que até os atores profissionais de Hollywood passam por isso. Não somente pelo aspecto físico, mas muito mais pelas críticas que podem vir a ter ao analisar as próprias atuações em cena. Segundo um levantamento do site Mashable, pelo menos dez figurões de Hollywood evitam o máximo possível assistir aos próprios filmes. O que eles falam para justificar essa recusa é um vislumbre de traços psicológicos que parecem ser comuns em atores: fora dos personagens, eles são tímidos, ansiosos e perfeccionistas. Uma sessão de cinema se torna uma sessão pública de tortura, onde a câmera foi o carrasco.

Ou seja, são gente como a gente!

#1 Jared Leto

10 atores que não curtem se ver nas telas

Antes de interpretar o Coringa em Esquadrão Suicida, Leto ganhou o Oscar de melhor Ator Coadjuvante por uma personagem trans e com AIDS no "Clube de Compras de Dallas". Só que não tinha vontade nenhuma de ver o filme. Isso porque sente que, depois do processo de filmagem, o ator perde completamente o controle do produto final. “O filme nunca vai alcançar as expectativas que eu tenho para uma experiência tão bela”, ele disse em uma entrevista.

#2 Jesse Eisenberg

10 atores que não curtem se ver nas telas

Sabe quando você tira dúzias de selfies com amigos sabendo que só duas vão ficar boas? É mais ou menos essa sensação que Jesse Eisenberg, o Mark Zuckerberg/Lex Luthor tem quando vê seus filmes. Só que é como se todas as fotos, 98% ruins, fossem publicadas, sem filtro nenhum. Melhor evitar.

#3 Meryl Streep

10 atores que não curtem se ver nas telas

Mas Meryl Streep? Você também, nêga?! Pois é, se até a diva detesta quem sou na fila do pão para me achar divina, né?! Para Meryl Streep, assistir a seus filmes uma vez só (em geral nas estreias) é mais que suficiente. O negócio é olhar para frente. Parece que a mandinga dá certo, porque no seu currículo a atriz já coleciona uma casa inteira de prêmios.

#4 Joaquin Phoenix

10 atores que não curtem se ver nas telas

Curiosidade Joaquin Phoenix até tem de assistir seus filmes. Mas ele se segura “Não quero me enxergar como a câmera me vê”, ele comentou. O medo é que se olhar da perspectiva da audiência mude sua forma de atuar. Ele abriu exceção, porém, para assistir The Master e Her.

#5 Johnny Depp

10 atores que não curtem se ver nas telas

Para um ator cheio de esquisitices, o fato de Johnny Depp não gostar de se ver na tela não é surpresa. Segundo ele, o chato da situação é que ele perde a chance de assistir o trabalho dos seus colegas nos filmes, mas vale mais a pena se “proteger” da própria imagem.

#6 Javier Bardem

10 atores que não curtem se ver nas telas

“Não aguento aquele nariz, aquela voz, esses olhinhos ridículos”, o ator falou à revista GQ. A experiência de atuar, para ele, é mais mística e expressiva exatamente porque ele não precisa se assistir enquanto faz. O jeito é desligar a TV e focar em criar os personagens.

#7 Reese Witherspoon

10 atores que não curtem se ver nas telas

Para a atriz de Legalmente Loira, é tortura se assistir – e ela não entende porque alguém gostaria de se assistir fingindo ser outra pessoa e agindo de um jeito bobo. Reese afirma que assistir seus filmes dá início a um ciclo autodestrutivo de ódio que ela não consegue controlar. O negócio é tão tenso que a atriz bloqueia mentalmente as lembranças dos filmes que fez para não se estressar com os detalhes que deram errado.

#8 Andrew Garfield

10 atores que não curtem se ver nas telas

O antigo Homem-Aranha foi obrigado a ver A Rede Social pelos amigos, mas, se tiver a opção, prefere pular a parte de se auto-analisar nas telonas. Engraçado é que, no filme sobre o Facebook, ele dividiu o palco com Jesse Einserberg, que também está na lista. O que será que tinha na água desse backstage que deixou todo mundo tão tímido?

#9 Julianne Moore

10 atores que não curtem se ver nas telas

Os atores geralmente fazem suas aparições no tapete vermelho antes da estreia do seus filmes e assistem à premiere todos juntos. É nessa hora que Julianne Moore faz o possível para tentar fugir e não ter que se assistir.

#10 Matthew Fox

10 atores que não curtem se ver nas telas

Confuso com o fim de Lost? Não pergunte nada para a estrela do seriado, Matthew Fox, que nunca se sentou para assistir o maior projeto que ele já fez na vida. "Eu nunca realmente me vi", disse Fox em uma mesa redonda de 2010 do site Hollywood Reporter. "Eu nunca assisti a um episódio de Lost." (Resposta de Bryan Cranston: "É um bom show Você deveria vê-lo em algum momento.".) E Fox não está sozinho entre os atores de Lost: Naveen Andrews (o Saiyd) é outro.

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
TapaDaPantera
Equipe Storia Brasil