Êta mundão doido!
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Êta mundão doido!
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Êta mundão doido!
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Máscaras, cavalos e sutiãs: conheça a tradição de Natal mais esquisita do mundo

Tapa Da Pantera
há 10 meses199 visualizações

Eles andam em grupo pelas ruas com máscaras esquisitas, botas brilhantes e vestindo sutiãs por cima das roupas. Pois esse desfile bizarro acontece todo ano na ilha de Newfoundland, no Canadá, e está cada vez mais popular.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Máscaras, cavalos e sutiãs: conheça a tradição de Natal mais esquisita do mundo

Essas pessoas são chamadas de “mummers”, e a tradição, que começou na Europa, mas hoje só existe no Canadá, é chamada de Mummers Parade. Ninguém sabe exatamente a origem da palavra, mas provavelmente “mummer” tinha a ver com as máscaras ou com se disfarçar - e nada a ver com múmias, apesar de algumas fantasias curiosas por aí.

No caso específico de Newfoundland, a prática mais comum é se disfarçar e ir de casa em casa, visitando os vizinhos para ver quem consegue adivinhar sua identidade (sim, o disfarce precisa ser bom, né?).

Máscaras, cavalos e sutiãs: conheça a tradição de Natal mais esquisita do mundo

Só que o “mummering” nem sempre foi um passatempo inocente. No século XIX, muitas cidades tinham pessoas com cavalos feitos de ossos que perseguiam quem não estivesse fantasiado. Também tinha muita gente que exagerava na bebida e se aproveitava dos disfarces pra bater em gente inocente pelas ruas.

Como tudo, era preciso um limite. Durante um tempo, autoridades começaram a fiscalizar o “mummering”. Depois, proibiram de vez. Em Newfoundland, ficou proibido até a década de 1990.

Máscaras, cavalos e sutiãs: conheça a tradição de Natal mais esquisita do mundo

 Primeiro, a tradição mudou de lugar. Os mummers começaram a se fantasiar nas áreas rurais, onde tem menos policiamento. Depois, desapareceu de vez. Foi só em 2009 que o “mummering” voltou em Newfoundland. Um grupo se reuniu naquele ano e resolveu desfilar pela cidade. Na paz, na boa. E deu certo. Eram só 300 pessoas, mas foi o suficiente para chamar atenção.

Agora, voltou de vez. E as pessoas inventem todo tipo de fantasia. É ingênuo, é divertido e quem participa fala sobre uma sensação de liberdade. Uma sensação de que, pelo menos naqueles minutos do desfile, você pode ser outra pessoa, dançando e brincando sem que ninguém saiba quem você é.

Máscaras, cavalos e sutiãs: conheça a tradição de Natal mais esquisita do mundo

Jogos Vorazes siberianos: Rússia terá reality show de homem contra natureza

Tapa Da Pantera
há 10 meses165 visualizações

Um reality show em que pessoas são largadas no meio de uma floresta e precisam enfrentar todo tipo de desafio. Você já viu isso em algum lugar, né? Pois é, foi no cinema e se chamava Jogos Vorazes. Pois um canal de TV na Rússia decidiu fazer o mesmo na Sibéria!

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Jogos Vorazes siberianos: Rússia terá reality show de homem contra natureza

O projeto é chamado Game2: Winter por motivos óbvios. Vai ser inverno, logo quando a Sibéria é mais cruel. E vai funcionar assim: os 30 participantes precisarão sobreviver por nove meses numa região deserta (é o que não falta na Sibéria) e recebendo dicas de oficiais da Spetznaz, as forças especiais do exército russo.

Jogos Vorazes siberianos: Rússia terá reality show de homem contra natureza

O idealizador do projeto, Yevgeny Pyatkovsky, sabe que seu projeto é ousado. Ele quer manter o programa no ar ao vivo durante 24 por dias. Fora isso, ele brinca com o drama que os participantes vão enfrentar, dizendo que todo mundo viu a série americana Lost, só que “sobreviver em um clima tropical é bem diferente de tentar fazer o mesmo na taiga siberiana com o termômetro marcando 40 graus abaixo de zero”.

Jogos Vorazes siberianos: Rússia terá reality show de homem contra natureza

A coisa é tão “russa” que cada participante vai ter que assinar um documento isentando o programa de responsabilidade em caso de lesão ou morte. E aí, você encararia essa gelada?

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
TapaDaPantera
Equipe Storia Brasil