Fifologia
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Fifologia
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Fifologia
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

FIFA 17 tem um goleiro mais rápido que Alexis Sánchez. Saiba quem é!

Tapa Da Pantera
há 7 meses1.1k visualizações

Qualquer gamer que tenha passado umas horinhas jogando FIFA sabe que velocidade é importante. Quando o jogo está aberto, nada como ter um ponta rápido, capaz de deixar um marcador para trás na corrida e bagunçar de vez a defesa adversária. Até mesmo quando o outro time está fechado atrás, a velocidade de um meia ou de um lateral dá uma grande vantagem.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
FIFA 17 tem um goleiro mais rápido que Alexis Sánchez. Saiba quem é!

Mas, vá lá, você não precisa de jogadores rápidos em todas posições. Goleiros, zagueiros, volantes não precisam dar piques. O que você precisa mesmo é de um Alexis Sánchez, um Arjen Robben - alguém que vá dar arrancadas e cansar os adversários. Mas você sabia que existe um goleiro mais rápido que esses dois? Sim, um goleiro pode desequilibrar as coisas no FIFA 17.

E o nome dele é… 

Ochoa! Sim, o goleiro da seleção mexicana na última Copa do Mundo. Guillermo Ochoa, que atua hoje pelo Granada, da Espanha, foi aquele que fez a defesa mais espetacular da Copa. E justamente contra o Brasil.

A EA Sports classificou a velocidade de Ochoa como 87. É mais do que os 86 de Robben e Sánchez, e muito mais do que os 58 de Manuel Neuer, o goleiraço do Bayern de Munique e da seleção da Alemanha. Os 87 deixam Ochoa empatado com Ángel di Maria e Dani Alves e só um pouquinho atrás de Paulo Dybala (88). 

Já sabe, né? Se a coisa estiver complicada e você achar que vale a pena dar uns piques com o goleiro para desafogar seus meias, Ochoa é o cara!

FIFA 17, dia 1: o primeiro título e a paixão pelo escanteio

Tapa Da Pantera
há um ano808 visualizações
FIFA 17, dia 1: o primeiro título e a paixão pelo escanteio
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

FIFA 17 chegou, o que para muita gente significa menos vida social, menos horas de sono, menos refeições e mais DRAMA NO VIDEOGAME. O game, afinal, é aquela vida paralela de todo povo que mergulha ali para viver pelo menos um milionésimo do que é ser um jogador ou técnico de futebol.

Foi duro acompanhar a contagem regressiva no PS4 por cinco dias. Pois é, quem compra online baixa o jogo antes e fica vendo um reloginho em regressiva até o momento em que ele zera e você é finalmente autorizado a dar jogar. E em cinco minutos, logo que FIFA 17 te coloca automaticamente para disputar a final da Copa da Inglaterra, já dá para ver um montão de diferenças. A primeira, minha paixão à primeira vista, foi o novo escanteio. Calma, eu explico. 

FIFA 17 vem com gráficos melhores, movimentos que fluem melhor e uma série de coisas que nem valem a pena mencionar já de saída, mas chama muito a atenção a parte das bolas paradas, que estão radicalmente diferentes nesta edição do game. E o escanteio, a jogada mais frequente, ficou fantástico.

Até FIFA 16, escanteio era quase uma loteria. Com time pequeno, qualquer bola lançada na área virada drama, mas os donos de times grandes pouco sofriam. Era dificílimo marcar gol de escanteio em jogo grande, contra zaga bem postada. Agora, não. Mudou tudo. As opções são muitas. 

FIFA 17, dia 1: o primeiro título e a paixão pelo escanteio

Agora dá pra cobrar bola pelo alto, por baixo, mais forte ou mais fraca, com mais ou menos arco. Tem um centroavante altão? Mete uma balão lá no meio e deixa ele ganhar na cabeça! Falta um bom cabeceador? Cruza forte no primeiro pau e bota alguém lá pra se antecipar à zaga!

Também ficou mais fácil ser preciso com o cruzamento porque agora FIFA 17 coloca uma mira à disposição do usuário. Então dá até pra lançar a bola ali e, enquanto ela está no ar, você controla o melhor cabeceador e faz ele ir até o ponto ideal para testar a redonda pro gol. É lindo, lindo! 

FIFA 17, dia 1: o primeiro título e a paixão pelo escanteio

Meu primeiro jogo foi assim. No comando do Chelsea, cruzei sempre procurando Diego Costa. Acertei duas vezes, mas não as testadas foram para fora. Acabei vencendo por 1 a 0, com um gol de Hazard aos 90. E tem jeito melhor de começar a nova vida virtual? Um jogo, um troféu. E ainda nem testei o novo story mode. Vem mais por aí. Muito mais!

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
TapaDaPantera
Equipe Storia Brasil