Que bruxaria é essa?!
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Que bruxaria é essa?!
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Que bruxaria é essa?!
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Polêmico app russo ajuda a planejar funeral

Tapa Da Pantera
há 9 meses84 visualizações

Hoje em dia,existe aplicativo pra tudo. Tem app pra fugir de engarrafamento, app pra pedir comida, app pra encontrar banheiro, app pra ver jogo de futebol e até app pra organizar funeral. Quer dizer, só na Rússia tem aplicativo pa funeral. E essa é a polêmica do momento.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Polêmico app russo ajuda a planejar funeral

O diretor de um serviço meteorológico russo, Dmitri Gueranin, acredita que o ser humano precisa estar prevenido para todo tipo de acontecimento. Por isso, criou o aplicativo Umer, que em russo significa “Morreu”.

Segundo Gueranin, com o Umer é possível “planejar sua morte durante a vida”. Lá, qualquer pessoa pode inserir todos detalhes necessários para seu enterro e receber orçamentos de casas funerárias cadastradas no app. 

Polêmico app russo ajuda a planejar funeral

Visualmente, o aplicativo é “inspirado” no Uber - e o nome também acabou ficando bem parecido. O único obstáculo até agora foi encontrar investidores, já que o Umer não é exatamente um aplicativo “feliz”, daqueles que as pessoas curtem usar o tempo inteiro e compartilham informações nas redes sociais.

Por isso, Gueranin precisou investir milhares de dólares de seu próprio bolso. Ele conta que vai recuperar o investimento quando começar a receber porcentagens das casas funerárias que forem contratadas pelo aplicativo. Será?

Cuidado com as selfies! Hackers podem roubar suas digitais

Tapa Da Pantera
há 9 meses60 visualizações

Se você gosta de fazer fotinhos e selfies acenando e fazendo gestos com as mãos para as câmeras, cuidado! Cientistas já comprovam que hackers são capazes de roubar suas impressões digitais baseados em selfies e outros tipos de imagem.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Cuidado com as selfies! Hackers podem roubar suas digitais

O estudo foi feito pelo Instituto de Informática do Japão (NII) e comprovou que se a imagem estiver próxima, com foco e bem iluminada, alguns tipos de software podem captar impressões digitais e usá-las para roubar a identidade de uma pessoa. Segundo a pesquisa, os “melhores” resultados estavam em fotos de pessoas fazendo o V da vitória (ou V da paz) na direção da câmera.

E nem precisa dizer que o roubo de uma impressão digital é muito mais prejudicial a uma pessoa do que o furto de um cartão de crédito, né? Afinal, cancelar o cartão exige apenas um telefonema. Alguns dias depois, a pessoa já está com um cartão novo nas mãos. Por outro lado, se alguém furta suas digitais, a vítima corre risco até o fim da vida (não dá pra trocar de dedos, né?).

E como se proteger disso? Por enquanto, a melhor solução é não deixar seus dedos perto demais das câmeras. O professor Isao Echizen, do NII, revelou que sua equipe está desenvolvendo um protótipo de filme de titânio para cobrir as digitais e protegê-las de hackers, mas essa tecnologia não chegará ao público por pelo menos dois anos. Até lá, convém maneirar nas selfies… 

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
TapaDaPantera
Equipe Storia Brasil