Über Ales
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Über Ales
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Über Ales
ic-spinner
Everyone has a story to tell
Find the best stories to read and people to follow. Get inspired and start writing great stories yourself or with your friends. Share and let the world know.

7 lugares onde você precisa beber pelo menos uma vez na vida

Se você já esgotou o menu de drinks de seu bar preferido e cansou daquele chope basicão com os amigos no boteco, mas ainda gosta de beber como nunca, talvez seja a hora de expandir seus horizontes. O que não falta nesse mundão afora é bebida interessante com gente de todo tipo.

Collaborate with friends on topics you love
Request co-authorship ▸

1. Oktoberfest (Alemanha)

7 lugares onde você precisa beber pelo menos uma vez na vida

O maior festival cervejeiro do planeta, em Munique, não é a opção mais original desta lista, mas tem como fazer uma lista desses sem incluir a Oktoberfest? Boa comida, boa bebida e muita gente alegre o tempo todo, por toda a cidade. Não tem como dar errado.

2. Agua de Valencia (Espanha)

7 lugares onde você precisa beber pelo menos uma vez na vida

Todo mês de junho o povo de Valência comemora o festival de San Juan. As pessoas se reúnem numa praia à noite, fazem fogueiras e bebem “Agua de Valencia”, uma espécie de mimosa, só que feita com Cava, laranjas locais e vodca. O objetivo é espantar as lembranças ruins do ano que passou. Você escreve uma lista de tudo que quer esquecer e joga no fomo. Depois, dá 12 pulinhos no mar exatamente à meia-noite. Depois, bebe à vontade até amanhecer.

3. Whisky (Escócia)

7 lugares onde você precisa beber pelo menos uma vez na vida

Você pode alugar um carro em Edimburgo ou Glasgow, as maiores cidades do país, e subir até as Highlands ou, para uma opção mais “raiz”, pegar um barco e ir até as Ilhas Islay. O whisky de lá é famoso, e se você ainda não aprendeu, vão te ensinar a nunca usar a letra “e” na grafia de whisky (nunca, nunca, NUNCA escreva “whiskey” quando estiver na Escócia!!!).

4. Cerveja cuspida (Peru)

7 lugares onde você precisa beber pelo menos uma vez na vida

Também chamada de “chicha”, essa cerveja de milho produzida no Peru tem um ingrediente curioso: saliva humana. O processo tradicional envolve mastigar milho, cuspi-lo e fermentá-lo. As enzimas da saliva humana ajudam a transformar o amido de milho em açúcares fermentáveis.

5. Guinness (Irlanda)

7 lugares onde você precisa beber pelo menos uma vez na vida

É outro clichê, mas é outro passeio obrigatório para apreciadores de cerveja. vá até Dublin e experimente a Guinness perfeita na Guinness Storehouse. E não se incomode com quem disser que é um “bar de turista”. Só lá você vai conseguir beber a famosa stout no Gravity Bar, com uma vista de 360 graus para cidade. Aproveite para aprender como servir a Guinness direto da torneira: com o copo inclinado em 45 graus durante aproximadamente 119,5 segundos. É sério.

6. Vodca e dança (Rússia)

7 lugares onde você precisa beber pelo menos uma vez na vida

É clichê, mas você precisa experimentar. A cena com russos pulando, dançando e chutando ao som de música parece coisa de filme de Hollywood, mas é um costume verdadeiro. Basta aparecer em qualquer comemoração russa, aceitar todas doses de vodca que te oferecerem (é falta de educação recusar) e espere a dança tradicional começar.

7. Icebar (Suécia)

7 lugares onde você precisa beber pelo menos uma vez na vida

Bares feitos totalmente de gelo se espalharam pelo mundo, mas o primeiro deles foi o Icebar, em Jukkasjárvi, na Suécia. Vista a roupa mais quente que você tem porque tudo lá é de gelo - mesmo - móveis, paredes, esculturas e copos. 

Cervejaria homenageia torcedor que enfrentou terroristas em Londres

Roy Larner, 47 anos, estava tomando sua cervejinha tranquilo em um pub quando terroristas iniciaram um ataque a pedestres que passavam pela Ponte de Londres. A ação deixou sete mortos e 48 feridos. Um deles foi Larner, que fez o contrário de qualquer pessoa consciente. Em vez de fugir do ataque, ele partiu para cima dos criminosos gritando “Danem-se vocês, eu sou Milwall”, citando seu time de futebol preferido, que também é conhecido por ter uma das torcidas mais violentas da Inglaterra.

Collaborate with friends on topics you love
Request co-authorship ▸
Cervejaria homenageia torcedor que enfrentou terroristas em Londres

Bom, “danem-se” é a versão publicável do que ele gritou, já que sua frase, na verdade, tinha um palavrão. Larner acabou levando oito facadas e sendo levado às pressas para um hospital, mas sobreviveu e ficou famoso. No dia seguinte, já estava sendo chamado de “O Leão da Ponte de Londres”, numa referência ao animal que é mascote do Milwall. Além disso, sua família iniciou uma campanha de crowdfunding pedindo 500 libras para pagar seu tratamento. O resultado foi uma arrecadação de 15 mil (!!!) libras, graças à ajuda de outros torcedores do Milwall.

Agora, Larner vai ganhar outra homenagem com a sua cara. A Frequency Beer Works, uma cervejaria sueca, decidiu criar uma receita e desenhar um rótulo em homenagem às ações (e aos gritos!) de Larner - palavrão e tudo! A cerveja será uma pale ale feita em estilo britânico, com 5% de teor alcoólico, e terá no rótulo os dizeres “um tributo a Roy Larner”, além, é claro, do nome, que reproduz em inglês a frase exata do torcedor: “F**k you, I’m Milwall” - sim, os asteriscos estão no rótulo (vide imagem abaixo).

Cervejaria homenageia torcedor que enfrentou terroristas em Londres

Uma parte do que for arrecadado com as vendas será doada a um fundo criado com o nome de Roy Larner. Ainda não há previsão de lançamento - muito menos de uma parte dessa produção chegando ao Brasil - mas se você esbarrar em uma dessas garrafas por aí, faça como os suecos: um brinde à coragem do torcedor do Milwall. 

You've read the story folder
Story cover
written by
Writer avatar
TapaDaPantera
Equipe Storia Brasil