ENTRETENIMENTO

5 coisas que aprendemos sobre empreender assistindo Girlboss

Giovana Penatti
Author
Giovana Penatti
5 coisas que aprendemos sobre empreender assistindo Girlboss

Na última semana, uma série bastante aguardada estreou na Netflix: Girlboss, que conta a história da criação da loja Nasty Gal de uma maneira muito livremente baseada em fatos reais (a própria série diz isso, não sou eu).

Na versão da série, a fundadora da loja, Sophia Amoruso, serve de inspiração para criar a protagonista Sophia Marlowe. Ela é uma garota de temperamento e estilo fortes que não se dá bem com nenhum emprego e descobre que pode ganhar dinheiro vendendo roupas que refletem o estilo dela - meio vintage, meio customizado e totalmente cool - no eBay.

Ao longo dos 13 episódios, acompanhamos a jornada de Sophia de uma jovem adulta sem um dólar no bolso a uma jovem adulta com uma empresa que tem potencial de valer milhões de dólares. E também aprendemos algumas coisas sobre negócios com as atitudes dela - principalmente, com os erros:.

1. Tenha um diferencial

A Sophia - da série e da vida real - fez muito sucesso ao descobrir que, juntando fotos bacanas, looks possíveis e roupas únicas, conseguia ter mais destaque que as outras lojas no eBay, e foi assim que criou sua marca. Conhecer o mercado e suas demandas permite que você entenda como se diferenciar da concorrência e obter sucesso.

5 coisas que aprendemos sobre empreender assistindo Girlboss

2. Tenha um plano de negócios

Tanto para guiar o crescimento da sua empresa quanto para mostrar para potenciais investidores, é importante criar um plano de negócios. E ele tem que ser realista, mas também levar em consideração cenários mais otimistas e mais pessimistas do que você espera - afinal, surpresas e imprevistos acontecem.

3. Reconheça os esforços do seu time

Ninguém constrói uma empresa de milhões de dólares sozinho, e é altamente provável que sua empresa, mesmo que não chegue a valer tanto, também não seja operada apenas por você. Por isso, confie no trabalho da sua equipe e reconheça os esforços que eles fazem pelo negócio, desde elogiar a performance até dar aumentos e promoções quando for possível.

5 coisas que aprendemos sobre empreender assistindo Girlboss

4. Confie no seu talento

É fundamental ter humildade na construção da sua empresa (e de qualquer outra área da vida, na verdade), mas isso não significa que todas as outras pessoas saberão se as coisas vão dar certo ou não. Por isso, ouça os conselhos e aprenda com pessoas mais experientes, mas também saiba filtrar o que não for interessante. Se você não confiar em você mesmo, ainda mais depois de todas as pesquisas de mercado, avaliações de risco e planejamentos que fez, quem irá?

5. Dê um tempo

Trabalhar é necessário, mas descansar também é necessário. Por mais que você ame sua empresa e o que vocês fazem, não dá para esquecer de desligar do trampo e aproveitar a vida! Afinal, qual o sentido de ganhar dinheiro se não puder aproveitar o que ele te proporciona? E mais: sair do ambiente de trabalho, conversar com outras pessoas e visitar outros lugares pode trazer ideias novas e necessárias para seu negócio.