Coisas sobre as quais precisamos falar
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Coisas sobre as quais precisamos falar
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Coisas sobre as quais precisamos falar
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Precisamos falar sobre o real motivo pelo qual você está solteiro

Giovana Penatti
há 7 meses24 visualizações
Precisamos falar sobre o real motivo pelo qual você está solteiro
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Responda rápido: quando foi que você ficou com alguém mais de três ou quatro vezes?

Essa foi uma constatação que fiz conversando com outros amigos também solteiros - raramente saímos com a mesma pessoa mais de três ou quatro vezes. Tem mais: usamos apps para conhecer gente nova, marcamos um bar para conhecê-los, vamos para uma das casas passar a noite, dificilmente nos vemos novamente. Ao chegar em casa, abrimos novamente os apps para responder quem nos mandou mensagens enquanto estávamos fora e o ciclo recomeça. Enquanto o app carrega, bate uma certa ansiedade de estar com alguém no presente contínuo, não no pretérito perfeito; ficando, não fiquei. Quem sabe no próximo swype esteja essa pessoa que vai mudar esse cenário. Ou no próximo. Ou no próximo.

No fim, estamos sempre acompanhados, mas nunca com alguém.

(é claro que você pode estar muito bem solteiro, sem querer algum tipo de relacionamento ou de ficar com alguém mais de uma única vez, e não tem nada de errado com isso. Esse texto é mais voltado para quem está aberto à possibilidade de se envolver com outra pessoa. ;) )

Pensando sobre isso, bolei minha teoria do motivo pelo qual estamos todos solteiros e sem nenhuma perspectiva de mudar isso tão cedo: temos um imediatismo tão grande que não nos permitimos conhecer as pessoas. Sim, nós trocamos mensagens o dia todo, vamos ao bar jogar conversa fora uma vez ou outra, mas isso não é suficiente para conhecer de fato alguém.

Para surgir um envolvimento que venha a resultar em qualquer coisa além de one night stand, isso não é suficiente. E esperar que uma pessoa vá mudar isso é a versão remasterizada da espera pelo príncipe encantado; a pessoa que vai mudar isso tem que ser a gente mesmo. Tem que ter tanta coragem de chamar para o cinema quanto para ir em casa transar, tanto de mandar um link que te lembrou uma conversa e quanto de mandar aquele nude que ficou num ângulo maravilhoso. Temos intimidade para todas as sacanagens que nem imaginávamos há 10 anos, mas perdemos para conviver. Temos tanto medo de fazer o famoso papel de trouxa que voltamos à estaca zero, ao "se a outra pessoa não falar nada, eu não falo", sem imaginar que a outra pessoa também está pensando isso.

Não tenho uma solução para isso, visto que eu mesma também sou uma vítima desse imediatismo e tento lutar contra ele - sem muito sucesso, confesso. Mas acho que reconhecer o problema é o primeiro passo para superá-lo. Tomar coragem é o próximo. ;)

Precisamos falar sobre a moda dos anos 2000 em 2017

Giovana Penatti
há 7 meses48 visualizações

A gente sabe que a moda é cíclica, que nossas mães adoram falar "eu vestia isso com a sua idade", que o que é cafona hoje será vendido por R$ 500 amanhã e a gente vai desejar muito. E, se ontem a gente olhava para os tapetes vermelhos de filmes teen dos anos 2000 e dava muita risada, hoje já erguemos uma sobrancelha ao ver algumas coisas presentes de novo no nosso guarda-roupa.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Acho que não vai ser o caso de voltar a usar cristais em volta do umbigo ou óculos de lentes coloridas (ou melhor, espero que não seja o caso), mas tem outras que até dá para encarar sem medo de ser uma releitura do seu eu pré-adolescente. Por exemplo, a gente deveria ter liberdade de usar roupas mais confortáveis, como calça e blusa de moletom - e pode ser de veludo, sim. Inclusive, algumas fast fashion já têm esses conjuntos para vender.

Precisamos falar sobre a moda dos anos 2000 em 2017

Se der para combinar com um brinco de argola, perfeito. Particularmente, sou da opinião de que, quanto mais perto a argola ficar estiver de bater no ombro, melhor.

Precisamos falar sobre a moda dos anos 2000 em 2017

Também temos visto que o futuro chegou pra valer, com muitas roupas metálicas, holográficas e de tecidos emborrachados. Nos anos 2000, esse brilho todo vinha do cetim, especialmente nas calças. Pontos extras para calças tipo cargo feitas de cetim. Qual a lógica dessa invenção??

Precisamos falar sobre a moda dos anos 2000 em 2017

Mas tinha mais brilho também na maquiagem: sombras cintilantes e gloss, que deixava seu cabelo todo grudado na boca. E essas tendências estão voltando de maneira mais discreta: para incorporar um pouco de luz na make sem parecer um enfeite de Natal.

Precisamos falar sobre a moda dos anos 2000 em 2017

Finalmente, minha tendência preferida: o jeans total! É claro que, só de falar em tudo jeans, a gente lembra do maior casal da história do showbiz, em um momento que representa tudo que almejamos tanto em relacionamento como em carreira e em moda:

Precisamos falar sobre a moda dos anos 2000 em 2017

Enquanto não chegamos lá, vamos abraçar o jeans em todas as formas possíveis enquanto é possível, seja na volta dos que não foram, como o jeans-com-jeans, até o revival da jardineira, da mini-saia e da - prepara - calça de cintura baixa!!!

Precisamos falar sobre a moda dos anos 2000 em 2017

Deus tenha piedade de nós.

Mas, enquanto o retorno da moda dos anos 2000 pode causar calafrios em alguns, acho que tem uma maneira melhor de ver: era uma moda muito divertida, de misturar tudo e ver no que dava! Tecidos, texturas, cores, estampas, formatos, tudo valia para montar um look único. Não por acaso, muitos dos looks das celebridades dessa época são icônicos.

É claro que essa moda não vai voltar tão literal - afinal, a moda é cíclica, mas sempre se volta mais como releitura do que como um revival. Mas acrescentar um ou outro elemento dos anos 2000 que tenha a ver com você é uma boa ideia tanto para renovar o estilo e sair do comum quanto para relembrar a adolescência e se divertir um pouco! ;)

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
TheRealGiovana
caçadora de histórias