OUTROS

A PESTE PERDIDA

Anderson Nascimento
Author
Anderson Nascimento

A peste perdida buscava seu hospedeiro, flutuando pelo ar, num ritmo ligeiro. Feito ficha sem fliper, feito riqueza sem ladrão, A peste perdida, um muçulmano sem alcorão. Não era amor sem beijinho, nem Buchecha sem Claudinho, quando ela te encontrou, não teve nada de carinho. Glóbulo globalizou, abriu as pernas sem sagacidade, a peste perdida adicionou você em uma comunidade. Te fez cavalo de troia e você nem percebeu, quando guiou teu rumo, num caminho de breu.

A PESTE PERDIDA