50 litros em 5
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
50 litros em 5
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
50 litros em 5
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Conheça o Transmilenio, o transporte público de Bogotá

Amanda Previdelli
há 2 anos19 visualizações

Ganhou prêmios, reduziu o tempo de viagem do colombiano e é bem interessante

Conheça o Transmilenio, o transporte público de Bogotá
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Parece os terminais brasileiros, mas não é, não.

Há muitos e muitos anos atrás, em uma galáxia muito distante... eu entrevistei o ex-prefeito de Bogotá, um cara chamando Enrique Peñalosa, responsável por reestruturar (alguns diriam revolucionar) o transporte público na capital da Colômbia.

Quase três anos depois desse encontro telefônico maravilhoso, tive a oportunidade de viajar para Bogotá e finalmente conhecer esse sistema de transporte que inspirou os BRTs no Brasil. 

Só para relembrar: "Em Bogotá, entre 1998 e 2001, [Peñalosa] foi responsável por medidas que seguem esta visão [de priorizar o transporte público em vez de carros]: construiu mais de 300 km de ciclovias, restringiu tráfego de carros em horários específicos, proibiu o estacionamento em calçadas e o restringiu no centro da cidade, além de construir vias exclusivas para trajetos de ônibus. Para os pedestres, as calçadas foram alargadas e mais de mil parques foram construídos ou totalmente reformados." O sistema reduziu, em dez anos, o tempo de viagem de 2h15min para 55min em um trajeto de 30km.

Fui lá usar o tal do Transmilênio, saindo do sul de Bogotá para chegar ao centro. Estávamos até que longe, não era horário de pico, levamos 40 minutos em um percurso de cerca de 20 quilômetros. Ele funciona como um metrô acima da terra. Os ônibus têm vias próprias para eles (a polêmica ~faixa exclusiva~), você paga com um cartão recarregável igual ao bilhete único na estação. Mesmo fora do horário de pico, ele lembra demais o metrô paulistano - é lotado, tem empurra-empurra na estação na hora de entrar no busão, mas uma vez dentro do veículo, as coisas andam mais rápido. 

Conheça o Transmilenio, o transporte público de Bogotá

Como ele para nas estações determinadas no maior estilo metrô (com a diferença de você poder respirar ar de verdade, poder olhar para as ruas - em vez de viajar no subsolo feito ratinho), uma voz vai te avisando qual é a próxima parada. Fica mais difícil de se perder assim. Outra coisa legal é que além desses ônibus articulados gigantes, há ônibus menores que atendem as vias mais periféricas. Eles levam, de graça porque o pagamento é sempre feito nas estações, as pessoas do ponto na rua até uma estação. Tecnicamente, se você for fazer um circuito local de bairro, sem precisar pegar o Transmilenio, o percurso sai de graça.

Andando pela cidade no Trans (já estou íntima) dá para perceber os outros investimentos para pedestres e veículos sustentáveis. A cidade é cheia de ciclovias, e elas são bastante usadas. As calçadas são espaçosas, e há faróis para os pedestres nos principais cruzamentos por onde passei.

Mesmo assim, tem trânsito por lá. Especialmente do aeroporto para o centro. E os moradores reclamam dos horários de pico. Em Bogotá, o rodízio funciona como o paulistano, nos horários de pico, a diferença é que carros com placas final número par entram no rodízio nos dias pares, e final número ímpar, nos dias ímpares. Ou seja, você pode andar com seu carro (no horário de pico) dia sim, dia não. Parece puxado, mas ainda é pouco para resolver o trânsito na cidade.

#viajaprevidelli #viajaprevidellicolombia #bogotá #transportepúblico #transmilenio #colômbia

Os melhores lugares do mundo para viajar em cada mês

Amanda Previdelli
há 2 anos20 visualizações

Cada mês tem suas vantagens <3

Que tal um mochilão de janeiro a janeiro? Ou então vai tirar férias em setembro e não sabe quais os melhores destinos nesse mês? Confira aqui alguns dos melhores lugares do mundo para viajar em cada mês do ano - uma mistura de preço bons, temperatura gostosa e eventos únicos. Porque navegar é preciso <3

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

1. Janeiro: México

Os melhores lugares do mundo para viajar em cada mês

O primeiro mês do ano é complicado. Onde quer que você vá, é provável que seja alta temporada, o que significa preços mais caros, lugares mais lotados. Exceto Cancun. Cancun tem ~high season~ dependendo da galera que vai curtir aquelas viagens de formatura por lá. Ou seja: não é em janeiro. No primeiro mês do ano, faz calor, mas nada absurdo e também chove pouco. De quebra, o país ainda tem mil outras coisas a oferecer além da praias paradisíacas.

2. Fevereiro: Marrocos

Os melhores lugares do mundo para viajar em cada mês

Começo do ano é uma ótima época para fazer uma viagem mais introspectiva ou até espiritual. No Marrocos, há ótimas opções de retiros (alguns de Yoga muito legais em Marrakech), passeios em paisagens maravilhosas e gastronomia diferente e gostosa. De quebra, Fevereiro por lá faz um calor bom de dia e friozinho agradável à noite.

3. Março: Canadá

Uma chance de ver neve sem morrer (tanto) de frio. Neste mês, Montreal tem uma boa faixa de preços de hospedagem. E o Canadá é berço de algumas das maiores belezas naturais do planeta.

4. Abril: França

Os melhores lugares do mundo para viajar em cada mês

Um pouco antes de começar a chegar a galera do verão, e ainda em tempo de ver a belíssima Paris na primavera. Não tem tempo melhor para conhecer a cidade da luz e de quebra ainda aproveitar um clima gostoso no sul francês.

5. Maio: Quênia

Os melhores lugares do mundo para viajar em cada mês

Perfeito para você que sonha fazer um sáfari na África. Maio é o fim da época chuvosa, e um dos melhores meses para fazer a viagem para lá em relação ao custo/benefício. Paisagens secas ajudam na visualização de animais selvagens, mas o país verde é uma beleza para os olhos - fora que é nessa época que nascem a maioria dos filhotes.

6. Junho: Rússia

Os melhores lugares do mundo para viajar em cada mês

Esse é o mês perfeito para aqueles dias longos e o tal do "sol da meia noite" que acontecem no norte do continente europeu. São Petersburgo, uma cidade toda colorida, fica especialmente bonita - e dá para curtir aquele friozinho sem morrer.

7. Julho: Santa Lúcia

Os melhores lugares do mundo para viajar em cada mês

Ah, o Caribe! Julho em Santa Lúcia tem preços muito menores, dá até para ficar em resorts chiques sem gastar todo seu INSS. E julho ainda é mês de Carnaval na ilha paradisíaca - como a gente, eles enchem as ruas de músicas e dança.

8. Agosto: Brasil

Os melhores lugares do mundo para viajar em cada mês

Ou, mais especificamente: Rio de Janeiro. Pelo menos se estivermos falando de 2016, ok? Ano de Jogos Olímpicos na cidade maravilhosa. Tendo ingressos ou não, não tem nem discussão. Rio é o lugar para se estar.

9. Setembro: Argentina

Os melhores lugares do mundo para viajar em cada mês

Depois de se esbaldar com os cariocas, hora de se socializar com os hermanos. Buenos Aires está ficando menos fria depois do inverno e dá até para ver aquelas folhas lindas amarelas do outono. Também não é mais alta temporada de julho, os preços estão mais acessíveis.

10. Outubro: Turquia

Os melhores lugares do mundo para viajar em cada mês

A costa não está tão lotada quanto no alto da temporada, o mar é quente e maravilhoso e os preços são acessíveis. Istambul, a bela não-capital, tem temperaturas boas para o tanto de caminhada que você vai fazer.

11. Novembro: Estados Unidos

Os melhores lugares do mundo para viajar em cada mês

Nova York e New Orleans são maravilhosas nessa época pré-Natal. De quebra, você ainda pode conhecer a tradição americana do Thanksgiving e chorar lágrimas de dólares com os descontos da Black Friday. Para quem gosta de belezas naturais: os parques Yellowstone, com árvores centenárias e o incrível Grand Canyon também são boas opções no país.

12. Dezembro: Camboja

Os melhores lugares do mundo para viajar em cada mês

Com umidade relativamente baixa no último mês do ano, essa é uma boa época para visitar o belo país asiático. Templos emocionantes e praias paradisíacas são parte da paisagem no lugar. O vizinho Laos também tem boa temperatura em dezembro, dá para aproveitar para conhecer Luang Praband.

Se você é mais do tipo que quer um "Natal de neve", vale a pena conhecer a linda Viena, na Áustria. O leste europeu é tipicamente menos caro que seus colegas ocidentais, mas com tanta beleza quanto. E neve.

Os melhores lugares do mundo para viajar em cada mês

Wie geht's?

São só algumas sugestões, muitos países têm atrações incríveis o ano todo e encantam de maneiras diferentes em diferentes estações. <3

Ah, só vale lembrar, independentemente da época do ano: Bahia

E, sempre que precisar poupar uma grana, segue dicas:

#viagem #trip #dicasdeviagem #viajaprevidelli #melhoresdestinos

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
aprevidelli
Jornalista