Folie à beaucoup
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Folie à beaucoup
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Folie à beaucoup
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Fui assistir Wicked no Brasil e foi absolutamente maravilhoso

Assisti o original na Broadway e a versão brasileira não deixou nada a desejar!

Fui assistir Wicked no Brasil e foi absolutamente maravilhoso
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Primeiro é preciso deixar claro algumas coisas. 

1. Sou fã de musicais

2. Sou muito fã de musicais no teatro

3. Sou mais fã ainda de musicais da Broadway

4. Amo Wicked

Wicked, a "verdadeira" história da bruxa má do Oeste - aquela verde de O Mágico de Oz, é um dos melhores e mais aclamados musicais já produzidos pela Broadway. Não só ele em si é famoso, mas é um dos que têm o elenco original mais reconhecível. As músicas cantadas pelas personagens principais, Elphaba e Glinda, foram compostas especialmente para duas vozes sensacionais:

Idina Menzel, a Elphaba, se você mora no planeta Terra e já assistiu Frozen, ela é a voz da princesa Elsa na versão original (norte-americana). Ela também é famosa por seus papéis em Rent (tanto na peça quanto no filme) e Glee. Ah, ela também ficou bem conhecida quando isso aconteceu ao ser apresentada pelo John Travolta no Oscar:

Todo mundo ficou assim: ???????

Mas ela perdoou pois ela é maravilhosa. 

A outra grande musa de Wicked é Kristin Chenoweth, que interpretou Glinda, a bruxa boa. Ela também é conhecida por participar de séries como The West Wing, Pushing Daisies e Glee. Chenoweth é dona de uma voz inconfundível.

Agora apenas escutem essas duas mulheres juntas:

Dá pra entender o motivo de ser uma das melhores peças da Broadway? Fora que ela passa no teste básico feminista: temos duas protagonistas, sabemos os nomes delas e elas conversam sobre algo que não envolve um homem! Até tem um mocinho na história, mas ele é infinitamente menos importante do que essas duas feiticeiras poderosas.

Sou fã.

Assisti em Nova York, sem o elenco original. Saí arrepiada, chorando, amando. Quando veio para cá, li muita gente preocupada. Será que vai ser tão bom quanto a versão gringa?

Não foi a primeira peça que eu vi lá e vi por aqui. Justamente por isso, eu não tive a menor preocupação. A Broadway tem um padrão de qualidade altíssimo e exige muito de todas as filhas que saem em turnê por aí. Você não vai ficar decepcionado e ouso dizer que nenhuma peça da Broadway que vier para as terras tupiniquins vai deixar a desejar.

O elenco é incrível, as mulheres cantam absurdamente bem. A produção, cenário, figurino... tudo está impecável. E a adaptação das letras, que é uma coisa que todo fã se preocupa um pouquinho, ficou linda. Olha só essas moças:

Ah, e o tal do mocinho é o Fiyero. Na peça brasileira ele é interpretado por dois atores diferentes (um em cada apresentação). Um deles, e o que eu calhei de ver neste domingo, é meu crush de quando eu tinha 12 anos, Jonatas Faro.

Só queria dizer que crush bom é crush que dura, crush talentoso, crush que amadurece lindo, crush que dá orgulho de você ter como crush. Essa não foi a minha música favorita dele (mas olha como ele dança!), mas é a que tá nas redes:

Sei que os preços são salgados, mas se você gosta de musicais, esse é definitivamente um imperdível. <3

#wicked #wickedbrasil #broadway 

O Carnaval de Barranquilla, na Colômbia

Amanda Previdelli
há 2 anos20 visualizações

Dizem por aqui que é o segundo maior do mundo depois do Rio de Janeiro

O Carnaval de Barranquilla, na Colômbia
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Barranquilla é uma cidade no norte da Colômbia. Mais de um milhão de pessoas moram por lá. Ela é banhada pelo mar caribenho e é berço dessa maravilha da humanidade:

E também dessa mulher maravilhosa:

Não podemos esquecer, claro, que embora não tenha nascido lá, foi em Barranquilla que Gabriel García Marquez, o Gabo, viveu muitos anos e trabalhou como jornalista. <3

Fora essas pessoas sensacionais, Barranquilla também é berço de muita música, dança e história. Quatro dias por ano a cidade para em feriado municipal para atender ao maior festival folclórico da Colômbia, o Carnaval.

O Carnaval de Barranquilla, na Colômbia

Não é raro ouvir de gringos na Colômbia que, fora o Carnaval, não há muito o que fazer em Barranquilla. E o turismo da cidade realmente é fortemente baseado no evento - faltam opções de restaurantes, atividades e até praias bonitas (especialmente se você comparar com as belezas mais ao norte). 

O Carnaval lembra bastante o nosso, com desfiles e festas. Por lá, eles têm algumas tradições que podem nos parecer esquisitas, especialmente uma fantasia "black face" que deixa os turistas bem incomodados já que em outros países esse tipo de pintura corporal é considerada racismo. Jovens andam pelas ruas da cidade pintados de preto, com um galho em mãos e pedindo dinheiro para gringos. Desse jeitinho mesmo: "gringo" "gringo". 

Outra fantasia tradicional parece um elefante - ele é como um palhaço local. 

O Carnaval de Barranquilla, na Colômbia

Na foto: dois palhaços rs.

Diferentemente da gente, por lá eles não usam muito fantasias. Nada de índios, Ronaldos, John Travoltas confusos ou bailarinas. O foco é nos enfeites. Roupas bem coloridas, acessórios quase que fosforescentes. Para as chicas, é muito comum usar roupas vermelhas com bolinhas brancas - um estilo Minnie de se viver. 

À noite, festas de rua iluminam a cidade. E aí é uma coisa bem brazuca, mesmo. Só que diferente. hehe. As músicas são diferentes, mas o estilo, a alegria, o dançar... é o mesmo. Ensinei samba para uma colombiana (coitada dela...) e em troca aprendi uns passos da dança tradicional, mais lenta, cheia de charme. Esse negócio de viajar é legal mais pelas pessoas do que por qualquer outra coisa.

E é por isso, pelas pessoas, pela cultura, que vale a pena conhecer o Carnaval de Barranquilla.

#viajaprevidelli #carnaval #colômbia #barranquilla #carnaval2016

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
aprevidelli
Jornalista