OUTROS

O Carnaval de Barranquilla, na Colômbia

Amanda Previdelli
Yazar
Amanda Previdelli

Dizem por aqui que é o segundo maior do mundo depois do Rio de Janeiro

O Carnaval de Barranquilla, na Colômbia

Barranquilla é uma cidade no norte da Colômbia. Mais de um milhão de pessoas moram por lá. Ela é banhada pelo mar caribenho e é berço dessa maravilha da humanidade:

E também dessa mulher maravilhosa:

Não podemos esquecer, claro, que embora não tenha nascido lá, foi em Barranquilla que Gabriel García Marquez, o Gabo, viveu muitos anos e trabalhou como jornalista. <3

Fora essas pessoas sensacionais, Barranquilla também é berço de muita música, dança e história. Quatro dias por ano a cidade para em feriado municipal para atender ao maior festival folclórico da Colômbia, o Carnaval.

O Carnaval de Barranquilla, na Colômbia

Não é raro ouvir de gringos na Colômbia que, fora o Carnaval, não há muito o que fazer em Barranquilla. E o turismo da cidade realmente é fortemente baseado no evento - faltam opções de restaurantes, atividades e até praias bonitas (especialmente se você comparar com as belezas mais ao norte). 

O Carnaval lembra bastante o nosso, com desfiles e festas. Por lá, eles têm algumas tradições que podem nos parecer esquisitas, especialmente uma fantasia "black face" que deixa os turistas bem incomodados já que em outros países esse tipo de pintura corporal é considerada racismo. Jovens andam pelas ruas da cidade pintados de preto, com um galho em mãos e pedindo dinheiro para gringos. Desse jeitinho mesmo: "gringo" "gringo". 

Outra fantasia tradicional parece um elefante - ele é como um palhaço local. 

O Carnaval de Barranquilla, na Colômbia

Na foto: dois palhaços rs.

Diferentemente da gente, por lá eles não usam muito fantasias. Nada de índios, Ronaldos, John Travoltas confusos ou bailarinas. O foco é nos enfeites. Roupas bem coloridas, acessórios quase que fosforescentes. Para as chicas, é muito comum usar roupas vermelhas com bolinhas brancas - um estilo Minnie de se viver. 

À noite, festas de rua iluminam a cidade. E aí é uma coisa bem brazuca, mesmo. Só que diferente. hehe. As músicas são diferentes, mas o estilo, a alegria, o dançar... é o mesmo. Ensinei samba para uma colombiana (coitada dela...) e em troca aprendi uns passos da dança tradicional, mais lenta, cheia de charme. Esse negócio de viajar é legal mais pelas pessoas do que por qualquer outra coisa.

E é por isso, pelas pessoas, pela cultura, que vale a pena conhecer o Carnaval de Barranquilla.

#viajaprevidelli #carnaval #colômbia #barranquilla #carnaval2016