Vi na Internet
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Vi na Internet
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Vi na Internet
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Big Ben ficará em silêncio por quatro anos

Charles Nisz
há 2 meses214 visualizações

Um dos símbolos de Londres, o Big Ben ficará em silêncio por quatro anos. O relógio mais famoso da capital inglesa entrará em manutenção às 12h de 21 de agosto e só volta a funcionar em 2021.

As obras servirão para restaurar e reparar a esfera do relógio e seu mecanismo, as campainhas e a estrutura da  torre de 96 metros, construída em 1856. Outra mudança será a instalação de um elevador. Hoje, os 334 degraus até o alto da torre são subidos em escada.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Especificamente, Big Ben é o nome do sino do grande relógio. No entanto, o apelido é usado para se referir ao conjunto do relógio e da torre que o abriga. Pesando 13, toneladas, o sino toca a cada hora. Nos últimos 157 anos, o Big Ben funcionou sem interrupções, salvo em duas pausas de manutenção e renovação em 2007 e em 1983-85.

Big Ben ficará em silêncio por quatro anos

Curitibano percorre a América do Sul com cachorro em Fusca

Charles Nisz
há 2 meses300 visualizações

Should I stay or should I go? O hit da banda punk The Clash foi a inspiração do curitibano Jesse Koz, 24 anos, para largar o emprego, pegar um Fusca 1978, o cachorro Shurastey (batizado por causa da música do Clash) e partir numa viagem de 13 mil quilômetros e três meses por quatro países da América do Sul.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Koz trabalha com vendas desde os 17 anos e sempre gostou de viajar. Mas sempre esbarrava em empecilhos como a falta de dinheiro, compromissos profissionais e as cobranças para constituir família, guardar dinheiro, comprar carro e casa - ou seja, o modelo de vida tradicional para a maioria das pessoas, conforme ele conta em entrevista ao Estadão.

Infeliz no trabalho, resolveu realizar o sonho de viajar. Entrou em grupos de mochileiros na Internet à caça de dicas para viajar. No Fusca, além de alguns apetrechos, o golden retreiver Shurastey. Levar o cão não foi uma opção - na última vez que o curitibano fez uma viagem de cinco dias, o canino dormiu no portão de casa, ansioso pela volta do dono para casa.

Curitibano percorre a América do Sul com cachorro em Fusca

No caminho, muita solidariedade. Os hermanos argentinos fizeram jus ao apelido e, além de ajudá-lo a consertar o carro, ofereceram comida e pousada, na cidade de Córdoba. Para Jesse, se ele esperasse até juntar o dinheiro que achava necessário para fazer uma viagem longa, jamais teria deixado Curitiba. E você, should you stay or should you go?  

Você leu a pasta de história
escrita por
Writer avatar
charlesnisz
Jornalista desde 2001. Já cobriu Economia, Meio Ambiente e Tecnologia, com passagem pela Agência USP de Notícias, jornal DCI, MSN, UOL e Yahoo. Já foi