MÚSICA

Rapper em ascensão Lil Peep morre aos 21 anos deixando legado impressionante

Autor
Rapper em ascensão Lil Peep morre aos 21 anos deixando legado impressionante

(Divulgação)

Lil Peep, um dos nomes mais promissores do rap americano, morreu aos 21 anos nesta quarta-feira. A informação foi confirmada pelo empresário do cantor, Adam Grandmaison, ao jornal The Guardian. A causa da morte ainda não foi confirmada.

O rapper, cujo nome verdadeiro era Gustav Åhr, ficou conhecido por ser uma das vozes do "emo rap", estilo que mistura o rap com a melancolia emo, que viveu os dias de glória no começo dos anos 2000. Com uma voz que lembrava a de Joel Madden, do Good Charlotte, Lil Peep cantava sobre depressão e uso de drogas.

O cantor cresceu em Long Island, nos EUA, e era filho de um professor universitário e de uma professora da primeira série. Em entrevistas, Åhr afirmava que o pai havia abandonado a família quando ele tinha apenas 14 anos. Depois de se formar no ensino médio por meio de cursos online, o rapper foi para Los Angeles, onde se envolveu com coletivos, como Schemaposse e Gothboiclique. "Eu não expresso esse lado (da depressão) nas redes sociais. Esse é o lado que expresso por meio da música. É meu canal para tirar isso de dentro de mim", disse em entrevista para a Pitchfork.

O sucesso começou em 2015, quando lançou o seu primeiro projeto, LiL PEEP PART ONE, no Soundcloud. Depois lançou diversas mixtapes, e seu único disco, Come Over When You´re Sober Part 1, saiu este ano. Em 2016 e 2017, os clipes de "White Wine" e "Girls" receberam milhões de visualizações no YouTube.

Muitos artistas prestaram homenagens nas redes sociais, comprovando a importância que o jovem rapper tinha.

Diplo:

Pete Wentz, do Fall Out Boy:

Sam Smith:

Charli CXC:

Ty Dolla $ign:

Mark Ronson:

iLoveMakkonen:

Ouça Come Over When You´re Sober: