Senta aqui, vamos conversar
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Senta aqui, vamos conversar
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Senta aqui, vamos conversar
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Aaron Carter abre o jogo sobre seu transtorno alimentar

PopCultureQueen
há 3 meses8.4k visualizações
Aaron Carter abre o jogo sobre seu transtorno alimentar
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

O cantor Aaron Carter, irmão do Backstreet Boy Nick Carter, deu uma entrevista tocante ao programa Entertainment Tonight, contando sobre sua luta contra transtornos alimentares. Aaron, que recentemente foi preso dirigindo bêbado, contou que é obcecado com sua aparência e já fez plásticas e preenchimento facial. Além do transtorno alimentar, o cantor também descobriu uma hérnia hiatal há alguns anos o que torna ainda mais difícil se alimentar.

Aaron disse que tudo piora por causa da repercussão nas redes sociais. "Imagine o que é ler um tuíte a cada minuto dizendo que eu tenho Aids, que eu uso metanfetamina ou crack e que eu devo morrer. Nunca usei drogas, eu tenho um transtorno alimentar", disse, em prantos: "Desculpem por eu ser assim".

O cantor, que hoje pesa 63Kg e tem 1,72m de altura, contou que seu problema é diretamente relacionado com o stress. "Eu desenvolvi uma doença de um homem de 80 anos. É tudo causado pelo stress! Meu médico disse que eu preciso evitar situações estressantes, mas é difícil. Eu sofro muito proque não há nada que eu possa fazer", afirmou Aaron, que disse que vai desativar suas contas nas redes sociais se passar por uma nova crise: "Eu leio tudo e tento não absorver, tento ter amor por essas pessoas".

Distúrbios alimentares geralmente atingem muito mais mulheres do que homens, com 90% de incidência entre elas. Porém o número de homens que lutam contra anorexia, bulimia, ortorexia e outros transtornos têm aumentado nos últimos anos, e muitos deles nunca procuram tratamento. "A única coisa boa nisso é que eu recebo mensagens de muitos jovenes dizendo que nunca viram um homem falar disso e me agradecendo", explica.

Modelos 'Plus Size' deixam mulheres mais felizes e podem impulsionar as marcas

PopCultureQueen
há 3 meses8.2k visualizações
Modelos 'Plus Size' deixam mulheres mais felizes e podem impulsionar as marcas
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸


Se você é uma mulher cheia de curvas e adora tirar fotos do seu "look do dia" no Instagram, temos boas notícias: você está tornando o mundo um lugar melhor! Mulheres prestam mais atenção - e ficam mais felizes - ao ver uma modelo "plus size", em comparação a uma modelo magra nos padrões do mundo da moda. Foi isso que pesquisadores da Universidade Estadual da Flórida descobriram, em um estudo publicado na revista Communication Monographs.

Modelos 'Plus Size' deixam mulheres mais felizes e podem impulsionar as marcas

Segundo o estudo, as mulheres têm uma tendência a se comparar menos às modelos que têm proporções mais "normais", e por isso se sentem menos pressionadas e cobradas. Quando vêem as modelos magérrimas, como as que desfilam para as grandes marcas, elas prestam menos atenção às roupas, e focam nas características físicas dela. Ou seja, ATENÇÃO MARCAS, se querem vender mais roupas, é hora de escolher mulheres mais realistas para os desfiles. 

Para começar essa segunda inspirada ❤ #repost @pinklip . . . #plus #plussize #plussizetips #fat #fatfashion #modagg

A post shared by Plus Size Tips (@plussizetips) on

"Descobrimos que existe uma clara e fortíssima vantagem psicológica em mostrar corpos fora do padrão nas campanhas de mídia", escreveram os autores. "Essas descobertas sugerem que incorporar modelos com tamanhos mais realistas na mídia talvez aumente os lucros da marca", eles acrescentam. E além de ganhar mais dinheiro, isso tornaria o mundo um lugar melhor para todas. 

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por