ESPORTES

Anderson Silva tem em Londres a chance de recuperar o prestígio

Daniel Akstein Batista
Author
Daniel Akstein Batista

O quarentão Anderson Silva tem a chance de mostrar no sábado que o episódio do doping é uma página virada e esquecida em sua carreira. Ex-campeão dos médios, volta a lutar na categoria contra o inglês Michael Bisping, no UFC 84, em Londres.

Anderson Silva tem em Londres a chance de recuperar o prestígio

Em várias entrevistas que deu durante a semana, Anderson afirmou não achar que está com a imagem arranhada. Em janeiro de 2015, após a vitória sobre Nick Diaz, o ‘Spider’ foi pego no exame antidoping e levou uma suspensão de um ano, tempo até curto neste esporte em que os lutadores não entram com muita freqüência no octógono.

Por mais que diga, Anderson precisa sim recuperar o prestígio. Tem de mostrar que ainda é um lutador em boa forma, não importa a idade (será sua primeira luta após fazer 40 anos). Tem de mostrar que o doping é episódio passado. E tem de voltar a vencer. Antes da luta do ano passado, ele havia quebrado a perna em dezembro de 2013. Nos últimos dois anos, portanto, o lutador só subiu no octógono duas vezes. E foram duas lutas para esquecer.

Mais uma vez a luta deste sábado só passará em canal fechado em sistema pay per view aqui no Brasil, no caso o canal ‘Combate’. O card principal deve começar por volta das 18 horas daqui.

Sonhando com o cinturão, Anderson Silva tem de fazer desta luta uma das mais importantes de sua carreira. Uma nova derrota, claro, não apagará todas as suas conquistas, mas o deixará mais perto de uma aposentadoria.

Card principal:

Anderson Silva x Michael Bisping (médios)

Gegard Mousasi x Thales Leites (médios)

Tom Breese x Keita Nakamura (meio-médios)

Francisco Rivera x Brad Pickett (galos)