FOTOS

Boticário causa polêmica com comercial: machismo ou afirmação?

Daniel Akstein Batista
Author
Daniel Akstein Batista

A propaganda é a alma do negócio, diz um famoso ditado.

E o Boticário conseguiu mais uma vez ver um dos seus comerciais na boca do povo. Ou numa discussão nas mídias sociais.

A famosa marca de cosméticos já havia sido polêmica no ano passado, quando veiculou um comercial na época do Dia dos Namorados em que um casal homossexual trocava presentes.

Agora, a discussão é outra. Na peça publicitária, o Boticário mostra casais que estão se divorciando. E as mulheres recebem um ‘banho de loja’, para que elas vão lindas e maravilhosas assinar a papelada.

A reação dos maridos quando vêem as esposas chegando é realmente impressionante. É como se uma outra pessoa aparecesse em sua frente: mais linda e com mais auto-estima.

Essa foi realmente a intenção do Boticário: mostrar que um difícil problema (a separação, o divórcio) não deve acabar com a confiança da mulher. A questão é que muita gente na internet (esse maravilhoso mundo em que todos dão a sua opinião) achou o contrário, que o comercial mostra um mundo machista, em que as mulheres precisam se vestir bem e usar maquiagem para não ficar por baixo.

Um mesmo comercial conseguiu causar discussão entre as próprias mulheres: foi bem feito ou não, é machista ou não? Se o Boticário tentou causar polêmica, acertou em cheio. Mas é como diz aquele outro famoso ditado também: ‘Fale bem ou fale mal, mas fale de mim’.

Aqui está o comercial do ano passado: