Brinquedos, humor e diversão
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Brinquedos, humor e diversão
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Brinquedos, humor e diversão
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Sem prazo de validade: turista vai à Disney com ingresso de 1994

DaniBoy
há um ano8.1k visualizações

Em 1994, o Brasil chorava a morte de Ayrton Senna e depois comemorava o tetra da seleção brasileira de futebol. Faz tempo, né? Tempo que passou para a americana Chelsea Herline, que em 94 tinha 4 anos de idade e, por estar doente, perdeu um dia de passeio no parque da Disney. Vinte e dois anos depois, eis que ela voltou ao famoso complexo de diversão. E com o mesmo bilhete de antes!

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Pouco tempo atrás, o pai de Chelsea descobriu o bilhete antigo ao fazer uma limpeza no porão de casa. Como já tinha a viagem marcada para a Disney agora, ele resolveu fazer um teste. Afinal, a entrada não mostrava nenhuma data de validade.

Sem prazo de validade: turista vai à Disney com ingresso de 1994

O passe chamado Park Hopper era para ser usado nos quatro dias de férias da família em 1994. No último dia, Chelsea ficou doente e não foi ao parque. Desta vez, ela voltou à Disney e levou o mesmo bilhete de 22 anos atrás, um bilhete bem velho e com sua assinatura e foto de criança, mas ainda em bom estado. 

Para sua surpresa, ela perguntou na bilheteria se poderia entrar no parque com o ingresso velho e a resposta foi positiva."Como não tem uma data de expiração no ingresso, pensei que havia uma pequena chance do pessoal do parque me deixar entrar", disse a moça recentemente, após a tentativa obtida com sucesso. "Só não achei que seria tão fácil."

A única coisa que a Disney fez foi trocar o velho ingresso de papel por um ticket eletrônico. E Chelsea conseguiu economizar cerca de US$ 110, o valor para entrar no parque. Será que mais alguém tem um ingresso perdido e não utilizado por aí?

Sem prazo de validade: turista vai à Disney com ingresso de 1994

#disney

Já imaginou guardar seus gritos num pote?

DaniBoy
há um ano6.3k visualizações

Aquela foto sua gritando e fazendo caretas em uma das várias descidas de uma montanha-russa logo logo vai fazer parte do passado. Que tal em vez da imagem você levar de recordação de um parque de diversões o seu grito? Sim, o grito que todo mundo dá quando está nos brinquedos.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Em parceria com a agência DDB Colômbia, o parque Mundo Aventura, que fica em Bogotá, tirou a ideia do papel nesta ação super diferente para promover o local e criou o 'Scream To Go'.

Em um dia específico, os frequentadores do parque recebiam capacetes com microfone, que gravavam os gritos das pessoas. Depois, através de um mecanismo, todo esse barulho era colocado em um pote de vidro. E toda vez que você o abria conseguia ouvir os gritos dados momentos antes.

Toda essa tecnologia tem um custo alto que inviabiliza fazer isso todo dia. Mas quem sabe no futuro não podemos sair dos parques com todos os nossos gritos guardados como recordação? É uma boa ideia, mas ainda prefiro a boa e tradicional fotografia.

Já imaginou guardar seus gritos num pote?
Já imaginou guardar seus gritos num pote?
Já imaginou guardar seus gritos num pote?

#diversao #tecnologia #montanharussa

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por