Comportamento
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Comportamento
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Comportamento
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Para acalmar garoto operado, médico 'opera' também bicho de pelúcia

DaniBoy
há 9 meses88 visualizações

Nada como a sensibilidade de um médico para acalmar uma criança que acabou de passar por uma cirurgia.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Ryan é um garoto que precisou se operado. Estava tenso, como todo mundo que vai para uma mesa de cirurgia. Mas o cirurgião Dr. Travis Groth, do Hospital Infantil de Wisconsin, nos EUA, teve uma atitude que poucos teriam: no mesmo dia, 'operou' um brinquedo de pelúcia que era inseparável da criança, o personagem Mike da animação 'Monstros S.A'.

Ao saber do pai do garoto, Tony Jansen, que o garoto não largava o bicho, resolveu colocar uns pontos no brinquedo também. Só para mostrar que eles teriam uma rápida recuperação juntos. "Quando Ryan acordou da cirurgia, ele viu o brinquedo cheio de pontos e curativos e entendeu que eles estavam passando pela mesma situação", contou Tony.

O caso foi divulgado na página do Facebook do hospital e teve centenas de compartilhamentos e curtidas. 

Para acalmar garoto operado, médico 'opera' também bicho de pelúcia

#comportamento #hospital #criança #brinquedo #cirurgia

A incrível história do homem que tirou fotos diárias por 18 anos, até sua morte

DaniBoy
há 9 meses84 visualizações

Foi em 31 de março de 1979 que o americano Jamie Livingston tirou essa foto e começou um projeto inovador: registrar uma foto por dia com sua polaroid.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
A incrível história do homem que tirou fotos diárias por 18 anos, até sua morte

Em uma época em que não havia celular, máquinas digitais e nem o conceito de selfie, fazer uma imagem todo o dia era bem complicado. Pois Jamie tratou de levar sua ideia a sério e, com algumas falhas principalmente no começo, conseguiu cumprir seu objetivo até o dia de sua morte, 18 anos depois, aos 41.

A série que começa com uma foto da então namorada termina com uma imagem em seu leito de morte. Jamie foi diagnosticado com câncer e faleceu em 25 de outubro de 1997. 

As fotos mostram um cotidiano do jovem numa Nova Iorque que ia mudando sua cara. São retratos pessoais, da vida cotidiana, de obras e artes, família, amigos, trabalho e desconhecidos.

Foram os amigos de Jamie que fizeram o projeto sobreviver, e todas as fotos podem ser vistas aqui:

Foram 18 anos de imagens, mais de 7 mil fotos. Nenhuma delas tem legenda, mas quem disse que precisa? É uma história de vida contada através de cliques. Pouco antes de sua morte, ele se casou com a namorada. E, claro, registrou o momento.

A incrível história do homem que tirou fotos diárias por 18 anos, até sua morte
A incrível história do homem que tirou fotos diárias por 18 anos, até sua morte
A incrível história do homem que tirou fotos diárias por 18 anos, até sua morte
A incrível história do homem que tirou fotos diárias por 18 anos, até sua morte
A incrível história do homem que tirou fotos diárias por 18 anos, até sua morte
A incrível história do homem que tirou fotos diárias por 18 anos, até sua morte
A incrível história do homem que tirou fotos diárias por 18 anos, até sua morte
A incrível história do homem que tirou fotos diárias por 18 anos, até sua morte
A incrível história do homem que tirou fotos diárias por 18 anos, até sua morte
A incrível história do homem que tirou fotos diárias por 18 anos, até sua morte

#foto #polaroid #ny #comportamento 

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por