Esportes
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Esportes
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Esportes
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Ex-atleta olímpico que levou a tocha não pôde ficar com ela. A razão é bizarra

DaniBoy
há um ano15 visualizações

A expectativa para o começo da Olimpíada só vai aumentando com o passar dos dias, e o revezamento da tocha continua em ritmo forte: está agora no Espírito Santo e nesta quinta-feira (19/5) chega para um tour no Nordeste. Mas nem tudo são flores neste percurso.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Gerson Victalino, ex-atleta de basquete e que atuou na seleção brasileira ao lado de Oscar, Marcel e Guerrinha, por exemplo, reclamou em seu Facebook que não pôde ficar com a tocha olímpica após carregá-la em Belo Horizonte na semana passada, dia 14. E o motivo, segundo ele, foi o mais absurdo: ele não tinha o cartão de crédito da bandeira patrocinadora da Olimpíada.

Ex-atleta olímpico que levou a tocha não pôde ficar com ela. A razão é bizarra

No total, 12 mil pessoas vão carregar a tocha até a data da abertura dos Jogos, em 5 de agosto. Dessas, cerca de 6 mil são convidadas dos patrocinadores. Cada tocha tem um custo de R$ 1985,19. E cabe ao patrocinador (ou o ‘anfitrião’) decidir se vai cobrar esse valor do condutor. No caso de Gerson, que foi convidado pelo COB para carregar a tocha, ele deveria arcar com esse custo caso quisesse ficar com o acessório. Ele quis. Mas não conseguiu pagar. Olha seu desabafo:

INDIGNACAO.

A falta de respeito com quem esteve presente representando nossa bandeira por 3 olimpíadas.Tive orgulho em poder conduzir a tocha olímpica em minha cidade Belo Horizonte, mas fiquei indignado quando tentei ficar com a tocha e simplesmente me foi negada por eu não ter um cartão da bandeira visa. Não pedi de graça pois iria pagar pela mesma, o valor de R$1.985,00.

Os 15 anos de serviços prestados a nação, não tem nenhum valor para aqueles que gereciam nosso desporto.

Tenho a certeza que em qualquer outro lugar do mundo seríamos tratados de outra forma e para completar falo de dezenas de ex-atletas que nem lembrados foram. Isso é um absurdo.

Desde o dia 3 de maio, quando começou o revezamento, vemos esportistas e cidadãos comuns carregando a tocha. Gente simples e endinheirada. E muito profissional da rede Globo. Enquanto isso, muitos atletas que já participaram de uma Olimpíada ficaram de fora.

A pesquisadora Katia Rubio, autora do livro "Atletas Olímpicos Brasileiros", chegou a lançar uma campanha nas redes sociais pedindo a participação de mais esportistas, chamada "Todo Atleta Olímpico Deve Carregar a Tocha". Depois disso, vários atletas se manifestaram reclamando da falta de convite. Diante dessa repercussão, o COB e o Comitê Organizador do Rio 2016 resolveram se mexer e convidaram alguns deles, mas muitos outros ainda ficaram de fora. Uma pena!

#rio2016 #olimpiada #jogosdorio #tochaolimpica

A evolução das tochas olímpicas: escolha a sua preferida

DaniBoy
há um ano12 visualizações

Começou o revezamento mais importante da Olimpíada deste ano: o revezamento da tocha aqui no Brasil.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
A evolução das tochas olímpicas: escolha a sua preferida

A chama olímpica chegou ao País na manhã desta terça-feira e foi a presidente Dilma quem acendeu a tocha em Brasília, passando o bastão para a jogadora de vôlei Fabiana, a primeira no revezamento. Agora, em 95 dias, a tocha passará por 327 cidades até ser acesa no Maracanã dia 5 de agosto.

Ao longo da história, a tocha passou por uma evolução notável. Mais simples, em Berlin, 1936, até chegar à modernidade atual, com uma tocha feita de alumínio reciclado, cheia de cores e que muda de tamanho: fechada quando está sem fogo, aumenta de tamanho quando a chama é colocada.

Cada sede desenha sua tocha de acordo com suas tradições. Na brasileira, podemos ver que os desenhos no objeto lembram o calçadão de Copacabana. Mas todas as outras têm também sua história.

A primeira tocha, de Berlim, é até agora a menorzinha já feita, com apenas 28 cm de altura e feita toda em aço inox. A de Londres, em 1948, já ganha uma divisão um pouquinho mais clara entre a chama e o local onde se segura. A de Helsinque, 1952, tem uma história interessante: apenas 22 foram fabricadas, e seu corpo foi feito de madeira:

A evolução das tochas olímpicas: escolha a sua preferida

Em 1956, temos a tocha australiana. Em 1960, a tocha de Roma trazia inspirações em monumentos clássicos. A do Japão, em 64, é uma das mais feias em minha opinião, apesar de a sobriedade dela ser proposital:

A evolução das tochas olímpicas: escolha a sua preferida

Em 1968, no México, o modelo também não era dos mais bonitos. Em Munique, 72, tivemos uma das tochas mais pesadas, toda em aço inoxidável. Já a de Montreal, 76, foi toda feita em alumínio:

A evolução das tochas olímpicas: escolha a sua preferida

Apesar da simplicidade, acho bacana o modelo da tocha de Moscou, 1980, na cor branca e com detalhe em dourado. Em 1984, em Los Angeles, a tocha trazia em seu topo a inscrição ‘Citius Altius Fortius’ (do latim: mais rápido, mais alto e mais forte). O topo da tocha de Seul, 88, também tem detalhes como dragões:

A evolução das tochas olímpicas: escolha a sua preferida

A parte superior da tocha de Barcelona, 1992, lembra a pira olímpica. A de Atlanta, 1996, é a mais pesada e alta (82cm) de toda história. Já a de Sidney, 2000, traz formas inspiradas na Opera House:

A evolução das tochas olímpicas: escolha a sua preferida

De volta a Atenas, em 2006, a tocha tem a simplicidade de uma folha de oliveira, símbolo de Olímpia. Em 2008, em Pequim, a tocha remete a um pergaminho. A de Londres, em 2012, traz 8 mil círculos perfurados em seu corpo, alusão aos condutores da tocha no Reino Unido:

A evolução das tochas olímpicas: escolha a sua preferida

Temos ainda a tocha olímpica do Rio, que abusa das cores e dos movimentos e é realmente bela. Com 19 tochas diferentes ao longo dos anos, qual é a sua preferida?

A evolução das tochas olímpicas: escolha a sua preferida

#rio2016 #jogos #olimpiada #tocha

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por