FOTOS

Estação de trem no Japão fica aberta para apenas um passageiro

Daniel Akstein Batista
Author
Daniel Akstein Batista
Estação de trem no Japão fica aberta para apenas um passageiro

Uma passageira, com seus livros escolares, entra no trem para ir à escola. Uma cena bastante comum se não fosse por um simples detalhe: a passageira está sozinha e só ela usa a estação.

Esta é a realidade na estação de trem de Kami-Shirataki, na ilha de Hokkaido, Japão, que deveria ter fechado há três anos (por ser em um local remoto e com pouco uso), mas continua aberto. A Japan Railways – grupo que opera as ferrovias do país -, decidiu manter a estação em funcionamento após descobrir que uma estudante ainda a usava diariamente.

Não bastasse ter mantido a estação aberta, a empresa ainda ajustou o horário do trem para a garota. O trem, vale dizer, faz apenas duas paradas em Kami-Shirataki: quando a menina vai e volta da escola.

A população aplaudiu a decisão da empresa e do governo japonês, por ter mostrado que a educação no país é uma das prioridades. E a estação já tem data para fechar: em março, quando a estudante vai se formar no ensino médio.

Estação de trem no Japão fica aberta para apenas um passageiro

Fico imaginando se isso aconteceria em outros países. No Brasil, posso afirmar com toda certeza que não. Nem o governo e muito menos uma empresa deixaria uma estação aberta por causa de uma pessoa. Provavelmente nem para uma dezena de estudantes. Mas estariam errados? O custo seria alto e eles teriam que ver se valeria a pena. Mas vale a discussão.