Futebol
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Futebol
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Futebol
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

10 razões para a queda de Marcelo Oliveira no Palmeiras

Marcelo Oliveira não resistiu a mais uma derrota no Palmeiras. O tropeço em casa para o uruguaio Nacional, na quarta-feira pela Libertadores, causou sua demissão.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
10 razões para a queda de Marcelo Oliveira no Palmeiras

A sua saída, no entanto, não foi surpresa nenhuma. A diretoria só esperava por mais um fracasso para oficializar a despedida. E a última derrota foi a gota d’água.

Claro que não é um tropeço que faz um treinador cair. Por isso listamos alguns fatos que culminaram com a sua saída. Você, torcedor do Palmeiras, concorda com essas razões?

CAMPANHA RUIM

O Palmeiras fez 53 partidas com Marcelo Oliveira, com 24 vitórias, 11 empates e 18 derrotas. Um aproveitamento de apenas 52,20%.

MANDANTE BONZINHO

A torcida não agüentava mais ir ao estádio e passar nervoso com o time. Só neste ano, o Palmeiras perdeu em casa para Linense, Ferroviária e Nacional-URU.

DESGASTE

Não fosse o título da Copa do Brasil, no ano passado, dificilmente Marcelo Oliveira começaria 2016 no Palmeiras. A má campanha no Brasileiro já tinha irritado diretoria e torcedores, mas ele conseguiu uma nova chance após conquistar a Copa do Brasil.

SEM REAÇÃO

O 4-2-3-1 foi um sistema insistente do treinador, um dos principais motivos para a bronca da torcida que via claramente que o time não conseguia jogar assim. “Gosto da forma que o time joga porque dá possibilidade de variação. É produtiva, desde que cumpramos as funções. E temos força para reagir”, chegou a dizer Oliveira. Obviamente, o time não reagiu.

SEM MEIO-CAMPO

Era nítido que o Palmeiras não conseguia trocar bolas no meio, para fazer a bola chegar ao ataque. O time sempre insistia nos lançamentos, na bola aérea. Neste último jogo, mesmo com um jogador a mais, abusou dos chuveirinhos.

MAU-RELACIONAMENTO

Todo mundo sabe que um treinador não deve queimar jogadores. E foi o que ele fez com Leandro Almeida. Oliveira chegou a criticar publicamente o zagueiro por um tropeço do time. E o fato fez o time se virar contra o comandante.

DEFESA FRACA

Leandro Almeida realmente falhou em alguns jogos, mas o treinador não conseguia de jeito nenhum arrumar a zaga. A esperança era que o setor melhorasse com Edu Dracena, mas o jogador logo se machucou.

AS MESMAS DESCULPAS

Desculpas esfarrapadas já não colavam mais. Oliveira chegou a dizer que não teve muito tempo para treinar, que o time ainda não estava pronto (mesmo com a base de 2015) ou que não deu ‘encaixe’ em campo. Arrumava desculpas para o ruim desempenho da equipe nos jogos.

MUDANÇAS MANJADAS

Trocar um atacante por outro nem sempre significa mudar. Engessado no esquema que falamos anteriormente, Oliveira não conseguia dar fôlego pro time no meio do jogo. Nesta última partida, deveria ter feito alterações já no intervalo, mas não mudou nada. E as substituições depois foram as de sempre.

INSTABILIDADE

Desafio um torcedor palmeirense a falar dois jogos seguidos que o time jogou bem. O time era bastante desequilibrado. Quando a torcida achava que as coisas iriam melhorar, vinha uma nova derrota. Deu no que deu.

#futebol #palmeiras

Veteranos da bola: veja quem continua na ativa (e você achava que tinha parado)

Quantas vezes você está vendo um jogo de futebol pela tevê e, de repente, ouve falar de um jogador que você tinha certeza que já estava aposentado? Várias, aposto.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

E não estamos falando de casos como Zé Roberto, por exemplo, que mesmo já velhinho (passou dos 30 um atleta já é chamado de idoso) continua na ativa e em um clube de ponta, como o Palmeiras. Estamos falando, no geral, de jogadores que você viu jogar há muito tempo, mas nunca sabe se ele continua atuando ou não.

Alguns realmente já se tinham se aposentado e resolveram voltar à ativa. Outros nunca largaram o osso. Olha só:

Donizete

Este é inacreditável. Aos 47 anos, o atacante que se consagrou no Botafogo e Vasco acaba de assinar com o Sport, do Espírito Santo. Será que o 'pantera' vai aguentar jogar?

Veteranos da bola: veja quem continua na ativa (e você achava que tinha parado)

-------------------

Marcelinho Paraíba

O meia de 40 anos defende o Oeste no Campeonato Paulista e ainda mantém seu cabelo estiloso (#sqn).

Veteranos da bola: veja quem continua na ativa (e você achava que tinha parado)

--------------------

Mancini

O atleta que jogou até na Itália agora está no Villa Nova-MG. Ele ainda é um 'garoto', com 35 anos.

Veteranos da bola: veja quem continua na ativa (e você achava que tinha parado)

----------------------

Magno Alves

Quando ouvi que o Fluminense tinha contratado o jogador, em 2015, pensei: será o mesmo Magno Alves que todos conhecem? Sim, era ele. E aos 40 continua fazendo gols.

Veteranos da bola: veja quem continua na ativa (e você achava que tinha parado)

---------------------

Paulo Baier

Deve fazer uns 20 anos que ouço o nome dele na tevê. E deve ser isso mesmo. Aos 41, ele está no São Luiz-RS, onde deve encerrar a carreira.

Veteranos da bola: veja quem continua na ativa (e você achava que tinha parado)

-----------------

Edilson

O capetinha foi apresentado no Taboão da Serra no mês passado. Aos 45 anos, vai disputar a 4ª divisão do Campeonato Paulista. Acredita?

Veteranos da bola: veja quem continua na ativa (e você achava que tinha parado)

---------------------

Aloísio Chulapa

O veterano e fanfarrão atacante de 41 anos agora defende o Comercial-MS. E já balançou as redes na temporada. Esse achei que tinha parado faz tempo.

Veteranos da bola: veja quem continua na ativa (e você achava que tinha parado)

-------------

Fabiano Eller

Renovou com o Náutico e aos 38 anos ainda não pensa em parar.

Veteranos da bola: veja quem continua na ativa (e você achava que tinha parado)

----------------------

Souza

Aos 37 anos, ele voltou essa temporada ao Passo Fundo-RS. Vai curtindo a vida de boleiro enquanto ainda aguenta jogar, apesar de ter um joelho machucado.

Veteranos da bola: veja quem continua na ativa (e você achava que tinha parado)

--------------------

Somália

O atacante acabou de assinar com o Araxá, time que busca a elite no campeonato mineiro. E olha só: aos 38 anos, será diretor de futebol e também atacante.

Veteranos da bola: veja quem continua na ativa (e você achava que tinha parado)

Lembra de mais algum jogador que você ouve falar há muito tempo? Com certeza devem ter vários por aí que não sabem a hora certa de parar e continuam correndo adoidado pelos gramados.

#futebol #veteranos

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por