Futebol
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Futebol
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Futebol
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Mais uma briga no futebol argentino: times não dão bom exemplo

Os times argentinos não estão usando sua pré-temporada para mostrar bom futebol e educação em campo. Desta vez, a pancadaria veio no amistoso entre Estudiantes e Gimnasia, na noite de domingo.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

No clássico de La Plata (vitória do Estudiantes por 1 a 0), as cenas de violência marcaram o fim do jogo, já nos acréscimos, e o árbitro precisou encerrar o amistoso antes da hora.

A partida foi bastante violenta. Antes da briga generalizada, Álvaro Pereira foi expulso após deixar a sola no rosto do adversário Faculdo Oreja, que teve de sair de ambulância. Mas o pior veio no fim, após uma entrada dura de Santiago Ascacibar em Antonio Medina. O jogador do Estudiantes recebeu o cartão vermelho, mas os atletas rivais partiram pra cima. E aí as cenas foram vergonhosas, com socos e pontapés trocados dos dois lados.

O tradicional jornal esportivo argentino 'Olé' cobrou punição aos clubes e jogadores e chamou o episódio de 'escândalo do ano'. Em sua capa na edição desta segunda-feira, foi categórico: 'Selvagens'. 

Mais uma briga no futebol argentino: times não dão bom exemplo

No começo do ano, mostramos aqui a briga entre jogadores de River Plate e Boca Júniors:

Desta vez a pancadaria foi maior e o exemplo dos jogadores, pior. Cenas lamentáveis, e que a Federação Argentina de Futebol não deveria deixar passar impune.

#futebol

Messi vai se encontrar com criança que improvisou camisa com seu nome

Messi vai se encontrar com criança que improvisou camisa com seu nome
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Era apenas uma brincadeira, era apenas mais um garoto improvisando um uniforme para jogar futebol. Mas graças à internet deve acontecer um encontro que marcará a vida do pequeno Murtaza Ahmadi.

Fã de Messi, uma imagem sua correu o mundo. Ele vestia uma 'camisa' improvisada feita com um saco plástico, com as cores da seleção argentina, o número 10 e o nome de Messi.

Demorou-se para descobrir quem era o garoto - sua imagem já havia viralizado na internet há alguns dias -, até que a BBC conseguiu confirmar a identidade do pequeno de 5 anos, que mora na pobre província de Ghazni, região sul do Afeganistão.

A Federação de Futebol do Afeganistão diz ter recebido um e-mail de Messi e que um encontro entre o jogador e o garoto está próximo de ser realizado.

Foi o irmão de Murtaza quem transformou o saco plástico em uma camisa do melhor do mundo. Para o pequeno afegão, um sonho quase impossível agora está bem perto de ser verdade. E tudo graças a esse maravilhoso mundo da internet e do futebol.

Messi vai se encontrar com criança que improvisou camisa com seu nome
Messi vai se encontrar com criança que improvisou camisa com seu nome

#futebol

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por