Futebol
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Futebol
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Futebol
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

O pênalti perdido por este romeno causou revolta no seu time. Veja

DaniBoy
há 2 meses3.1k visualizações

Grandes nomes do futebol já perderam um pênalti, inclusive em momentos críticos e decisivos como final de Copa do Mundo. Mas talvez poucos irritaram tanto seus companheiros e torcedores como o romeno George Calintaru. 

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

O problema no caso não foi apenas ter desperdiçado a penalidade, mas a forma como isso aconteceu. Seu time, o Juventus Bucareste, estava perdendo de 2 a 1 para o Steaua Bucareste, em jogo válido pelo Campeonato Romeno, quando o árbitro marcou pênalti aos 45 minutos do segundo tempo. E aí Calintaru assumiu a responsabilidade e foi para cobrança.

O que ele fez é aquilo que todo torcedor fica apreensivo quando vê um jogador do time seu fazer: bater a penalidade com cavadinha.

Normalmente, o cobrador espera o goleiro cair para dar um toquinho embaixo da bola, que cai no meio do gol. Mas Calintaru errou tudo. Não botou força, não botou jeito, não mostrou categoria, e o goleiro pegou a bola fácil, fácil...

Com o pênalti perdido, a derrota do Juventus Bucareste se confirmou. E aí metade do time quis tirar satisfações com o meia. A sorte é que alguns resolveram apartar qualquer início de briga. 

O pênalti perdido por este romeno causou revolta no seu time. Veja

Segundo o jornal 'The Guardian', a discussão continuou dentro dos vestiários e Calintaru chegou a cortar a mão ao esmurrar uma parede, tamanha sua raiva.

Depois dessa, provavelmente o meia não vai querer bater outro pênalti tão cedo.

Veja no vídeo o que ele aprontou:

#futebol #esportes #pênalti

Surreal: enquanto um time comemora seu gol, o rival dá a saída e também marca

DaniBoy
há 2 meses1.1k visualizações

Se depender do juiz que apitou a partida entre Nacional de Patos e Nacional de Pombal, pela segunda divisão do Campeonato Paraibano, um time está proibido de comemorar gol - ou deve comemorar muito rápido já se posicionando para a saída de bola adversária. Veja essa história que absurda:

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

O cronômetro apontava 39 minutos do segundo tempo quando o árbitro Diego Roberto marcou pênalti para o Pombal, que perdia por 1 a 0. Manu cobrou e empatou o jogo. Mas, enquanto ele e seus companheiros comemoravam próximo ao alambrado, o juiz autorizou a saída de bola do Patos, que sem ninguém do adversário em campo conseguiu fazer o gol da vitória. 

O vídeo a seguir mostra o absurdo que foi tudo isso:

Podemos perceber que entre os dois gols não há um intervalo de 30 segundos. Na verdade, em 25 segundos aconteceu tudo isso: o Pombal fez seu gol, o juiz autorizou a saída de bola do Patos e o outro gol saiu.

A imagem feita por um torcedor não é das melhores, mas dá pra ver bem que estava todo mundo comemorando enquanto o jogo rolava. Apenas o goleiro tentava parar os dois atacantes rivais.

O que o árbitro fez vai contra todas as regras do futebol: os jogadores precisavam estar em campo para o jogo ser reiniciado. Segundo matéria do Globo Esporte, o quarteto da arbitragem foi afastado e não vai mais atuar na competição este ano.

Surreal: enquanto um time comemora seu gol, o rival dá a saída e também marca

Foto: Reprodução / TV Cabo Branco

#futebol #gol #esportes

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por