Nas telinhas
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Nas telinhas
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Nas telinhas
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Chamem Saul! A série do advogado de 'Breaking Bad' voltou

Saul está de volta. Ainda não com este nome, mas já moldando ao caráter e ao personagem que conhecemos em ‘Breaking Bad’.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

A segunda temporada de ‘Better Call Saul’ começou nesta terça-feira no Netflix. Promete ser tão boa como a primeira, e deve trazer à tona o advogado que todos conhecemos no seriado em que primeiro apareceu.

Chamem Saul! A série do advogado de 'Breaking Bad' voltou

A cena inicial desta nova temporada nos mostra como é Saul pós Breaking Bad: um funcionário da loja ‘Cinnabon' totalmente insatisfeito. Mas isso é o que menos importa. Já sabemos do futuro próximo (Saul advogando Walter White) e do futuro mais longe (funcionário desiludido num shopping). Já vimos o começo de como ele se torna advogado e agora continuaremos a ver a transformação de Jimmy McGill em Saul Goodman.

Neste primeiro episódio já começamos a ver mais o jeito malandro do personagem. Após devolver um montante de dinheiro na temporada anterior para ‘fazer o certo’, agora ele avisa: não fará mais isso. A consciência, deixa bem claro, não pesará mais. No último episódio da primeira temporada ele já tinha voltado à vida de golpes, até seu velho parceiro morrer.

Vimos agora duas histórias paralelas que vão se juntar nos próximos episódios: a de Jimmy desiludido com a profissão, tendo vislumbres de trapaceiro, mas aceitando o cargo numa firma de advocacia, e a de Mike sendo deixado de lado por um outro personagem, que acaba se dando mal. Para quem não lembra, Mike é o segurança de Saul em Breaking Bad. Os laços dos dois vão se intensificar ainda mais nesta temporada.

Ainda devemos ter um longo caminho para ver a transformação total do coitadinho Jimmy no trambiqueiro Saul – até porque, quando ele assumir essa nova identidade, não demorará muito para o caminho dele e de Walter White se encontrarem. Mas já deu pra ver que ele mesmo sabe que essa mudança está em curso. E que enganar as pessoas pode ser melhor do que ter um trabalho totalmente honesto, mas chato e sem graça.

#seriado #tv

Churrasco! Um reality para quem gosta de uma boa carne

Quem não gosta de carne está proibido de ver o novo reality do SBT, que estreou na noite deste sábado: “BBQ Brasil – Churrasco na Brasa”. Quem gosta de um bom assado, vale a pena assistir!

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Churrasco! Um reality para quem gosta de uma boa carne

Os programas culinários continuam em alta, e este é o terceiro reality sobre o tema do SBT, emissora que já tinha lançado o "Cozinha sob Pressão" e o “Bake Off Brasil”, que era sobre doces. O 'BBQ Brasil' entra no mesmo horário do 'Bake Off', um horário que nada me agrada: sábado às 21h30.

Ticiana Villas Boas continua como apresentadora, assim como no 'Bake Off'. Cumpre bem seu papel e faz a mediação entre os participantes e os dois jurados: Carlos Bertolazzi e Rogério DeBetti.

O primeiro está mais calmo em comparação ao 'Cozinha sob Pressão', onde é o apresentador. Aqui vemos um jurado tranquilo e sereno por enquanto. O segundo é conhecido por vir de uma família de churrasqueiros.

A ideia do programa é escolher 'o melhor churrasqueiro amador do Brasil'. O primeiro episódio já serviu para mostrar que alguns dos participantes não sabem distinguir uma carne mal passada de crua. E, convenhamos, mesmo um amador deve saber isso.

Churrasco! Um reality para quem gosta de uma boa carne

As provas foram bem básicas neste primeiro episódio. Na primeira delas, os participantes tinham de fazer uma carne (podia peixe) com um acompanhamento na brasa. Depois, divididos em dois grupos, fizeram espetinhos para 100 pessoas. Na prova eliminatória, dois deles tinham que acertar os pontos da carne.

Em programas culinários onde a maioria quer mostrar o seu diferencial e inovar, aqui os churrasqueiros tiveram que fazer o bom e velho churrasco, simples assim. A versão brasileira é inspirada num modelo americano, que vi algumas poucas vezes. Lá, ao menos nos episódios a que assisti, os participantes eram profissionais e conseguiam fazer uns preparos bastante complicados, inclusive com temperos ousados. A versão tupiniquim ainda está no começo, surpresas devem vir pela frente, mas tem tudo para repetir o sucesso dos outras programas culinários. Afinal, tirando os vegetarianos, quem não gosta de um bom churrasco?

#churrasco #tv

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por