FUTEBOL

O que esperar do trio de ferro paulista

Daniel Akstein Batista
Author
Daniel Akstein Batista

São Paulo, Palmeiras e Corinthians venceram seus jogos nesta quarta-feira de ainda pré-temporada. Ainda é cedo para dizer o que as equipes vão fazer durante o ano, mas já dá pra ter algumas ideias.

O Corinthians é a maior das incógnitas. Perdeu meio time titular, estreou no ano perdendo para o Atlético-MG, mas deu a volta por cima com a vitória (3 x 2) sobre o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, durante o Flórida Cup, torneio amistoso nos EUA.

O técnico Tite elogiou bastante a dupla Danilo e Romero, que fizeram um bom jogo. Mas será que eles conseguirão manter uma sequência boa durante a temporada? E o sistema defensivo e de marcação no meio-campo, grande força do time até ano passado, já não está tão forte. Do trio de ferro paulista, coloco o Corinthians atual como azarão no Estadual e na Libertadores. Mas, com Tite, tudo é possível: ele pode fazer as coisas acontecerem mesmo com um elenco enfraquecido.

Já o São Paulo mostrou melhoras em seu primeiro desafio do ano, principalmente no setor defensivo - o grande problema tricolor nos últimos tempos. Mesmo ainda sem Lugano, o time bateu o Cerro Porteño por 1 a 0 em amistoso no Paraguai.

O que esperar do trio de ferro paulista

O técnico argentino Edgardo Bauza já está colocando sua identidade na formação do time. Com uma equipe mais organizada e compacta, soube marcar melhor o adversário e, se conseguir seguir nessa toada, promete não perder pontos bobos como acontecia no ano passado. E Bauza deve ter mais tranquilidade para trabalhar do que seu antecessor, Osorio, que estava no meio de uma grave crise política no Morumbi.

O Palmeiras vem pra mim como favorito entre esses três times para 2016. Manteve a base do elenco campeão da Copa do Brasil e começou a temporada com vitória por 2 a 0 sobre o Libertad, indo à final da Copa Antel.

A defesa portou-se bem com a estreia de Edu Dracena, mas o time mostrou a velha dificuldade na saída de bola. Ainda estamos em começo de temporada e este é um problema que o técnico Marcelo Oliveira pode corrigir com o tempo. E o torcedor pode ficar animado também com o jovem Erik, reforço que entrou no segundo tempo e deu mais velocidade ao time. O estreante Moisés foi outro a jogar bem, com direito a um gol.

O que esperar do trio de ferro paulista

Como disse, ainda é muito cedo para fazer previsões, mas se tivesse que apostar em um desses três (ou mesmo quatro, se colocarmos o Santos no bolo), minhas fichas iriam no Palmeiras. Mas o tempo e novas contratações (ou lesões) podem fazer tudo isso mudar.

#futebol #saopaulofc #corinthians #palmeiras