FUTEBOL

Time holandês inova e entra em campo com modelos de lingerie

Daniel Akstein Batista
Author
Daniel Akstein Batista

Já é bastante comum vermos os jogadores de futebol entrando no campo para o jogo acompanhados de pequenas crianças. É tradição no mundo todo. Mas o que o RKC Waalwijk, que disputa a Segunda Divisão da Holanda, fez no domingo foi um tanto quanto diferente. Imagina se a moda pega?

Para celebrar o 'Valentine's Day', o Dia dos Namorados que é comemorado dia 14 de fevereiro em quase todo o mundo, os jogadores do RKC e do adversário Emmen entraram de mãos dadas com belíssimas modelos de lingerie, entre elas a Miss Bélgica Lenty Frans.

Pelo menos disso os torcedores do RKC devem ter gostado, já que o time é o último colocado na competição e, para piorar, ainda perdeu do Emmen por 1 a 0.

Ter modelos ou mulheres animando em jogos de futebol não é algo muito comum, principalmente no Brasil. Até tentamos imitar os americanos com a cultura das 'cheerleaders', mas aqui as garotas parecem não ter o mesmo efeito que elas causam nos EUA. Lá, sim, é algo cultural. As garotas aprendem a torcer com coreografias já no colégio e faculdade, e se espalham por jogos de basquete e futebol americano, por exemplo.

Time holandês inova e entra em campo com modelos de lingerie

Em 2004, muita gente estranhou quando viu lindas modelos nas quadras de tênis no Masters de Madri, trabalhando como 'boleiras'. Rolaram alguns protestos de alguns grupos que viram 'machismo' no fato, mas no geral a direção do torneio foi elogiada até pelo fato de elas terem trabalhado bem. As modelos ainda continuaram trabalhando ainda por alguns anos, mas hoje o torneio não conta mais com elas. 

Time holandês inova e entra em campo com modelos de lingerie

Djokovic aproveitou para tirar uma foto com as modelos em Madri em 2008