Textos de amor
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Textos de amor
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Textos de amor
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Motivos que explicam o fato de eu nunca mandar nenhum texto pra você

deoutromundo
há 7 meses2 visualizações

1. Você escreve melhor que eu (a nota de redação do Enem não mente) e inconscientemente me julgaria.
2. Você é um mulherão da porra e, por mais que eu tentasse, nunca conseguiria captar todas as suas nuances em palavras.
3. Você me intimida um pouco (vulgo "tenho medo das suas unhas pontudas").
4. A gente já deveria ter começado a se odiar by now, não sei porque ainda conversamos.
5. O que a gente teve/tinha/tem sempre foi secreto e tenho medo de alguma coisa vazar (vai que existe um WikiLeaks de textos de amor).
6. Eu finjo que já te superei total, mesmo que nós nunca tivemos nada oficial. Te escrever alguma coisa afetaria meu orgulho.
7. Eu sou muito ruim em figuras de linguagem. Inclusive esse texto ficou super metalinguistico e nem era o objetivo.
8. Perdi a minha linha de pensamento que eu estava seguindo, o que só comprova o quanto eu sou amadora nesse lance de escrever.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Memórias de um dia legal

deoutromundo
há 7 meses2 visualizações

Eu estava exausta. Mas eu também estava em período pré menstrual e sabia que, se eu não tirasse minha maquiagem, o problema juvenil conhecido como "acne" encontraria seu caminho à minha testa. Retirei um lenço demaquilante da embalagem e com pouco cuidado removi todo o rímel e base que já estavam oxidando na minha cara. Estava prestes a jogar tal lencinho no lixo quando me deparei com as evidências.
Brilinhos prateados saltaram aos meus olhos. Glitter de papelaria. Lembrei de você e das maçãs do seu rosto. Não havia outra possibilidade a não ser o transporte quase por osmose do brilho do seu rosto ao meu.
Foi a primeira vez que um encontro nosso deixara provas físicas, e isso foi um grande descuido. Não podemos ser vistas juntas, muito menos se estivermos de mãos dadas/lábios juntos. Mas foi inevitável- nós duas tentamos lutar contra o presságio do destino que afirma que a gente se pega sempre que nos encontramos, mas nossa relutância não adiantou. "Você é veneno, nunca conseguimos acabar com isso que a gente tem". Nunca conseguimos mesmo. Gostaria de saber se um dia a gente vai conseguir. Eu duvido.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Você leu a pasta de história
escrita por