CELEBRIDADES

Adeus, Márcia Cabrita (a melhor empregada da dona Cassandra)

Autor

Morreu na madrugada do dia 10 de novembro a atriz Márcia Cabrita, em decorrência de um câncer nos ovários que vinha sendo tratado desde 2010. Mesmo passando por esse momento difícil, ela nunca deixou de sorrir nem quando reviveu um de seus papéis mais importantes da TV brasileira, a empregada Neide Aparecida do "Sai de Baixo".

Adeus, Márcia Cabrita (a melhor empregada da dona Cassandra)

(Reprodução/Globo)

Márcia estreou na televisão na minissérie "As Noivas de Copacabana" (1992), mas a verdadeira fama veio mesmo em 1997 quando a atriz entrou no elenco do humorístico "Sai de Baixo". Na época, o programa estava em sua segunda temporada e havia enfrentado sua primeira baixa: a humorista Claudia Jimenez, que interpretava a empregada Edileuza, pediu as contas do programa e a equipe do "Sai de Baixo" teve a ideia de ir testando várias atrizes até encontrar uma empregada ideal. Depois de Ilana Kaplan (que sinceramente ninguém lembra que passou pelo programa), Márcia Cabrita interpretou Neide Aparecida e caiu nas graças do público. Resultado: ficou muitas temporadas no papel.

A única semelhança que Neide tinha com Edileuza era o jeito debochado e o completo desrespeito com a patroa dona Cassandra (Aracy Balabanian). De resto, Márcia Cabrita deu um outro tom à personagem, que era desajeitada, mas ainda muito sexual. Alternava momentos de muita sagacidade e outros de pura inocência. Os embates de Neide com Caco Antibes (Miguel Falabella) eram os melhores momentos, como podemos ver no vídeo abaixo:

A Neide Aparecida ficou no ar até 2000, quando Márcia precisou sair por conta de sua gravidez e foi substituída por Cláudia Rodrigues, que ficou até o final do programa.

Inegavelmente a Neide Aparecida foi o seu papel mais importante. Durante muitos anos ela fez uma ou outra participação em novelas e séries da Globo e do Multishow, mas nenhum do tamanho de Neide. Tanto que quando rolou os quatro episódios revival de "Sai de Baixo" em 2013, a empregada chamada foi justamente Neide Aparecida. Na história dos episódios extras, Neide fica riquíssima e compra o apartamento no Arouche para humilhar seus antigos patrões. Mas ela é enganada por um Tony Ramos mordomo salafrário e volta a ficar pobre.

Adeus, Márcia Cabrita (a melhor empregada da dona Cassandra)

(Reprodução/Viva)

O último papel de Márcia Cabrita na televisão teve um quê de tristeza. Ela estava cotada para interpretar a Germana em "Novo Mundo" mas, como a atriz estava adoentada, passaram o papel para Viviane Pasmanter e deram um novo personagem para Márcia. Por motivos de saúde ela precisou sair no meio da novela, mas fez uma forcinha pra voltar ao estúdio no último capítulo e gravar o desfecho de sua personagem. Infelizmente, a cena foi cortada pela Globo e nunca foi exibida.

Adeus, Márcia Cabrita (a melhor empregada da dona Cassandra)

(Reprodução/Globo)

Com certeza o Brasil está um pouco mais triste com essa perda. Por sorte ainda podemos relembrá-la em sua melhor forma: o "Sai de Baixo" continua sendo exibido semanalmente pelo canal Viva e a Globo ainda mantém uma versão compacta do programa aos sábados. Afinal, Neide Aparecida é eterna.