Novelas
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Novelas
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Novelas
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Carla Diaz cresceu e já tem idade para interpretar amante em A Força do Querer

Fábio Garcia
há 2 meses81.1k visualizações

Poucas coisas passam um recibo de idade quanto ver uma criança que a gente viu crescer na televisão ter idade para fazer um papel maduro. Se a gente já sentiu a velhice batendo forte quando percebeu que Chiquititas estava comemorando 20 anos de idade, imagina agora que a atriz Carla Diaz fará um papel sensual na novela das nove?

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Carla Diaz cresceu e já tem idade para interpretar amante em A Força do Querer

Carla Diaz começou a trabalhar bem cedo, como se já previsse as novas regras para aposentadoria: aos dois anos de idade já estava batendo cartão no SBT e interpretando na novela Éramos Seis. Mas a estreia mesmo que conta para a memória afetiva do público brasileiro foi em 1997 interpretando a órfã Maria da novela Chiquititas. A personagem logo se transformou numa espécie de mascote da novela, como se fosse o Pikachu da protagonista Carolina (Flávia Monteiro). Estava sempre a tiracolo sorrindo e estimulando o SBT a vender produtos com seu rosto estampado (como uma boneca meio pavorosa).

Carla Diaz cresceu e já tem idade para interpretar amante em A Força do Querer

Se você parar qualquer trintão na rua que assistiu à novela Chiquititas, com certeza ele vai lembrar que Carla Diaz estrelou um dos mais importantes clipes da franquia. Coração com Buraquinhos foi o Born This Way dos jovens no final dos anos 90, intercalando um relato triste sobre uma garota abandonada por seus pais com uma coreografia ousada que já inseria passos de axé music. Um clássico atemporal feito com o melhor do Chroma Key.

Mas o SBT era pequeno demais para essa garota que já era coqueluche do país. Logo Carlinha fez suas malas para a Globo e participou do núcleo infantil da novela Laços de Família, mas foi ofuscada quando um juiz decidiu proibir a participação de todas as crianças da trama e o autor Manoel Carlos precisou inventar uma viagem para todo o elenco mirim. Com isso, seu papel mais marcante mesmo na Globo foi como Khadija (precisei do Google pra escrever certo) de O Clone. Sim, depois de interpretar a órfã mais amada do país, Carla Diaz viveu a criança da novela que ficava o tempo inteiro repetindo o bordão "Inshalá". E não é exagero, até nas imagens que vemos da novela parece que a voz da menina ecoa em nosso cérebro falando que adora ouro.

Carla Diaz cresceu e já tem idade para interpretar amante em A Força do Querer

Infelizmente a crise chega para todo mundo. Depois de subaproveitada na dramaturgia da Globo, Carla Diaz teve de ir para a Record. Seu papel mais importante na emissora do bispo não foi em nenhuma trama religiosa, e sim no núcleo jovem da versão brasileira de Rebelde. Nessa novela ela já chamou a atenção por aparecer crescida, linda e exibindo um decote bem gratuito que as roupas da novela proporcionavam. A personagem, entretanto, não marcou tanto assim o público brasileiro por motivos de... Record.

Carla Diaz cresceu e já tem idade para interpretar amante em A Força do Querer

Mas Carlinha está de volta à Globo para participar da novela da mesma autora de O Clone. Sim, a garota não só assinou contrato para participar de A Força do Querer como ainda por cima interpretará Carine, a amante de Rubinho (Emílio Dantas) e rival de Bibi Perigosa (Juliana Paes). Pois é, pessoal, estamos velhos a ponto de ver aquela garotinha miúda que dizia ter um coração com buraquinhos crescer e interpretar a amante de um traficante no núcleo adulto do maior sucesso dos últimos tempos. Você está preparado pra isso? Porque o meu coração está cheio de buraquinhos... e com umas dores nas costas pela idade que chegou pra mim.

Carla Diaz cresceu e já tem idade para interpretar amante em A Força do Querer

A Força do Querer virou Tropa de Elite (e estamos amando isso!)

Fábio Garcia
há 2 meses59.6k visualizações

Todo mundo lembra que o Brasil é líder na exportação de carne e de memes, mas poucos se recordam que nosso país também é campeão em vender para fora bons filmes de polícia contra bandidos ambientados em comunidades (talvez porque só a gente faça isso). Faltava só uma novela que conseguisse abordar esse tema de uma forma decente (ou seja, estamos excluindo as vezes que a Record tentou fazer isso, tá?), e A Força do Querer apareceu em nossa vida para nos alegrar com uma boa batalha de mocinhos contra bandidos.

A Força do Querer virou Tropa de Elite (e estamos amando isso!)
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

(TV Globo/ Montagem)

A ideia da novela A Força do Querer era mostrar a história de três mulheres fortes, mas a autora Gloria Perez havia conseguido completar apenas dois terços da tarefa: na primeira metade da trama basicamente vimos Ritinha (Isis Valverde) com seus amores e a policial Jeiza (Paolla Oliveira) se revelando mais versátil que uma impressora multifuncional, a terceira perna do tripé era Bibi (Juliana Paes) que não via sua história de envolvimento com o tráfico de drogas ser desenvolvido tanto quanto suas colegas de Projac.

Na verdade, essa demora acabou sendo meio proposital. O brasileiro é um povo que rejeita assuntos controversos nas novelas com muita facilidade (vide a rejeição pelo casal de lésbicas da terceira idade em Babilônia), então a autora de A Força do Querer pareceu ir com calma até apresentar direito Bibi e toda a situação ao redor dela. A autora, fã assumida de narconovelas (aquelas tramas latinas biográficas sobre grandes traficantes de drogas como La Reina Del Sur), quis fazer a personagem cair no gosto do público antes de colocar um revolver em sua mão e chamá-la de Bibi Perigosa.

A Força do Querer virou Tropa de Elite (e estamos amando isso!)

(Reprodução/ TV Globo)

Depois de pequenas ações (vamos fingir que Bibi incendiando um restaurante foi uma pequena ação, tá bom?), finalmente vimos o "nascimento" de Bibi Perigosa quando ela acertou uma latinha com um único tiro e foi muito elogiada pelos traficantes. E como toda Nina precisa de uma Carminha e todo bom bandido precisa de um mocinho, o papel de policial incorruptível que combate o tráfico de drogas e ainda dança carimbó caiu como uma luva nas mãos de Jeiza.

A policial lutadora de MMA invadiu o Morro do Beco procurando o estoque de fuzis dos bandidos em uma operação que foi resolvida basicamente pelo cachorro Aron, e isso foi o ponto de partida para o começo da guerra entre Jeiza e Bibi Perigosa. Para dar aquele toque de novela e aumentar ainda mais a rivalidade entre as duas, a autora Gloria Perez até já articula uma mudança de interesse amoroso para as personagens colocando o advogado Caio (Rodrigo Lombardi) dividido entre as duas.

A Força do Querer virou Tropa de Elite (e estamos amando isso!)

(Reprodução/ TV Globo)

O resultado de tudo isso é que A Força do Querer vem ganhando mais ação, mas sem perder o romance característico da novela que vem conquistando recordes e mais recordes de audiência. As cenas de invasão policial no Morro do Beco foram impecáveis no quesito direção, parecia realmente que estávamos vendo um filme como Tropa de Elite. A única diferença que em vez de Wagner Moura aparecer na nossa TV gritando desnecessariamente, a batalha era entre duas belíssimas mulheres e um cachorro que fareja fuzis.

Se um dos maiores problemas das novelas é que as histórias vão se esgotando quando chegam na metade, podemos garantir que A Força do Querer ainda tem muito chão pela frente com o fortalecimento de Bibi Perigosa. E por se tratar de uma personagem baseada em uma pessoa real, ficamos ainda mais curiosos em ver quais serão as diferenças mostradas na novela.

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
fabio.garcia
Escrevo sobre TV desde 2012. Amo programa bom, e ainda mais se for ruim. @fabiogaj