CELEBRIDADES

O programa da Eliana MATOU o Silvio Santos em um quadro surreal

Fábio Garcia
Autor
Fábio Garcia

Uma das atrações mais bizarras de 2017 foi o quadro Com o Passar dos Anos, exibido semanalmente no "Programa Eliana". Nesse misto de autoajuda com extreme-makeover, o convidado é arremessado muitas décadas no futuro e, um trabalho questionável de maquiagem, se vê como estará daqui 20 ou 40 anos. A ideia parece até interessante, mas o resultado é um clima bem estranho que azeda qualquer domingo.

O programa da Eliana MATOU o Silvio Santos em um quadro surreal

(Reprodução/SBT)

O quadro Com o Passar dos Anos surgiu do nada dentro do programa da Eliana e já chamou a atenção nas redes sociais graças à facilidade de gerar memes maravilhosos. Dessa forma, toda semana ficamos bem ansiosos para ver qual celebridade Eliana irá afogar nesse mar de sensacionalismo barato para o deleite do público ávido por lágrimas e solos dramáticos de piano.

Os últimos participantes do quadro foram Silvia Abravanel (a filha número 2 de Silvio Santos e apresentadora do "Bom Dia & Cia") e seu marido cantor Kleiton. Diante de uma Eliana de óculos de armação grossa bancando a psicóloga, os dois conversaram sobre o relacionamento atualmente e a forma como enxergam a vida. Mas como isso aqui é um domingo na televisão brasileira, então o papo logo ganhou uma colherada generosa de sensacionalismo quando Eliana mandou o tempo avançar em 20 anos.

Após o trabalho de maquiagem da equipe, Silvia Abravanel reapareceu no cenário com 66 anos e seu marido com 52, e ambos se surpreenderam com as recém-adquiridas rugas e papadas. Um quadro desse tem uma proposta interessante, pois através da mudança externa ele faz qualquer um repensar o interior e se questionar quanto tempo gastamos com as pequenas coisas em nossas vidas, né? Sim, mas não se esqueça que isso aqui é um programa dominical sensacionalista, então é claro que tem que forçar desesperadamente aquela lágrima no telespectador.

O programa da Eliana MATOU o Silvio Santos em um quadro surreal

(Reprodução/SBT)

Como quem não quer nada, Eliana introduziu o assunto da morte de Silvio Santos, dizendo que daqui 20 anos o maior expoente do SBT provavelmente não estará mais entre nós. A loira nem precisou falar com todas as palavras o cenário da morte de Silvio Santos, Silvia já começou a se emocionar muito e seu marido (e mais novo cinquentão no pedaço) se levantou para consolá-la. Os câmeras então se desesperaram no botão de zoom de seus instrumentos de trabalho para captar qualquer lagriminha que escorresse sobre as grossas camadas de maquiagem envelhecedora. Um drama que só.

Não foi a primeira vez que o quadro da Eliana chamou a atenção com o tópico "morte". Na estreia do Com o Passar dos Anos a convidada foi a atriz Larissa Manoela ao lado da mãe, e no avanço final do tempo ela foi informada que sua mãe já havia batido as botas. Sim, Eliana criou uma situação em que a atriz de 16 anos foi confrontada com a morte de sua mãe em um programa de auditório.

Mas esse episódio com Silvia Abravanel ultrapassou qualquer limite, afinal foi a primeira vez na história do Brasil que uma emissora criou o cenário da morte do próprio dono para conseguir arrancar umas lágrimas e alguns décimos de Ibope. Um momento que apenas a televisão brasileira conseguiria proporcionar, não é mesmo?

O programa da Eliana MATOU o Silvio Santos em um quadro surreal

(Reprodução/SBT)