ENTRETENIMENTO

Reality show de confeitaria do SBT muda regra quando é conveniente

Autor

Certo, sei que não é surpresa alguma para você leitor ver uma matéria sobre um reality show do SBT que muda de regras no meio do percurso, mas esse caso do "Bake Off Brasil" é bem emblemático para explicar o motivo disso acontecer.

Reality show de confeitaria do SBT muda regra quando é conveniente

(Reprodução/SBT)

No último sábado (14), o "Bake Off Brasil" teve o tradicional episódio de repescagem para repovoar o já inflado elenco do programa. Para quem não acompanha o reality de confeitaria (que é muito bom mesmo e merece ser visto), a segunda prova de cada programa sempre é um desafio técnico no qual os confeiteiros amadores recebem uma receita igual para todos e tentam fazer uma sobremesa igual ao modelo apresentado pelo programa. A parte divertida é que os jurados testam às cegas os pratos e julgam sem saber quem fez qual (algo que inclusive faria alguns julgamentos do "MasterChef Brasil" um pouco mais justos).

Durante a repescagem, a prova técnica foi montar uma deliciosa torre de macarons. A participante Débora, conhecida pelo público como alguém de autoestima muito elevada na hora de gravar depoimentos, realizou um verdadeiro desastre na cozinha e perdeu sua massa e demais recheios. A saída encontrada ela para entregar algo foi encarnar o doutor Frankenstein e montar uma sobremesa pegando pedaços dos macarons de vários outros competidores. Percebeu algo de errado? Mesmo com a boa vontade dos outros participantes, isso não deixa de ser bem estranho no "Bake Off Brasil", afinal os jurados acabariam analisando algo que ela nem ao menos preparou.

Reality show de confeitaria do SBT muda regra quando é conveniente

(Reprodução/SBT)

O problema é que ninguém da produção do SBT interrompeu a participante enquanto ela fazia uma miscelânea de sobremesa! Os jurados só foram alertados da falta de Débora após terem definido o ranking final da prova (e a sobremesa dela acabou ficando numa colocação melhor que a de outros que fizeram integralmente a receita). Essa atitude do "Bake Off Brasil" foi muito estranha, pois na semana anterior havia rolado uma situação parecida quando um participante tentou emprestar algo que ele havia preparado para outra, e na hora a apresentadora do "Bake Off Brasil" o impediu, alertando que não podia.

Na verdade estamos como no meme "desapontados, mas não surpresos", pois não foi a primeira vez que algo assim rolou na emissora. Há muito tempo, o SBT teve um fenômeno de audiência chamado "Casa dos Artistas" em que famosos eram encarcerados numa casa vigiada por câmeras 24 horas por dia. Sucesso de público e considerado como o primeiro reality show de confinamento, o programa ficou conhecido porque Silvio Santos adorava mudar as regras de um dia para o outro. O caso mais famoso foi quando Alexandre Frota deu um pequeno surto e pediu para sair. Do lado de fora, vendo a repercussão, ele decidiu voltar ao programa e tocou o terror lá dentro, chegando à final.

Reality show de confeitaria do SBT muda regra quando é conveniente

(Reprodução/SBT)

A segunda edição do reality foi uma verdadeira Casa da Mãe Joana, porque a única regra que Silvio anunciou na estreia foi a de que o reality não teria regra alguma. Aí rolou participante entrando no meio do programa, eliminações canceladas e até permissão para a roqueira Syang ter uma DR com o marido ignorando todo o conceito do total isolamento.

E qual o motivo das mudanças nas regras, tanto da "Casa dos Artistas" quanto no "Bake Off Brasil"? O espetáculo! Parece que a produção dos programas sempre escolhe interpretar a regra de uma forma que gere uma cena melhor para o público. E, convenhamos, foi um baita show a confeiteira sendo "desmascarada" na frente dos jurados em vez de simplesmente ter sido alertada como o participante da semana anterior. Mesmo que isso tenha afetado um pouco a credibilidade do reality.