Ai, que vergonha!
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Ai, que vergonha!
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Ai, que vergonha!
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Quanta covardia. Torcida invade o campo no Congo e bate em árbitro indefeso

Fábio Hecico
há 2 anos9 visualizações

Ele correu, e como correu. Mas de nada adiantou. Um golpe certeiro e acabou caindo. Para seu desespero, uma multidão se aproximou e ele acabou sofrendo todo o time de golpe possível: chutes, pisões, socos. Bandido? Sequestrador? Não, se tratava de um árbitro assistente de futebol que estava cumprindo o seu trabalho no Congo.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

As cenas lamentáveis aconteceram no fim de semana em jogo válido pela décima rodada dos playoffs do Campeonato Congolês.

O jogo entre Daring Club Motema Pembe (DCMP) e Dauphon Noir, os torcedores se revoltaram com lances polêmicos da arbitragem e resolveram invadir o gramado para tomar satisfações.

O assistente nem teve como se defender, quando viu a revolta da torcida. A saída foi correr. Mas era muita gente atrás e ele acabou ' capturado', apanhando sem dó.

Num ato covarde, com todos contra um, ele acabou caído, sem forças para se levantar, com nariz sangrando e olho bastante inchado. Saiu de campo numa maca em mais uma tarde de barbárie no futebol.

Ao invés de punir os agressores, prendê-los e impedi-los de voltar aos gramados, a Confederação Congolesa de Futebol resolveu apenas dar a vitória ao Dauphin Noir ( o jogo estava empatado).

Se a moda pegar, toda rodada terá um árbitro apanhando aqui no Brasil. Os homens do apito são recordistas de erros no País.

Dói só de ver. Jogador agarra e tenta arrancar pênis de rival em jogo de rúgbi

Fábio Hecico
há 2 anos20 visualizações

Estou gemendo até agora. Me falta ar. E olha que nem passei perto do defensor do St Esteve Catalans Dragons. O tal de esporte de contato não devia valer quando o assunto é referente a nossas partes baixas. Quem nunca ficou sem fôlego com uma bolada no saco naquela pelada da rua? Todos riem, mas dói. E como dói. Não bastassem as pancadas duras do rúgbi, agora o cara quer arrancar o pênis do oponente.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Dói só de ver. Jogador agarra e tenta arrancar pênis de rival em jogo de rúgbi

Essa é a jogada mais suja de qualquer esporte. O pau nosso de cada dia (que Deus me perdoe pelo trocadilho) tem de ser tratado com carinho. Qualquer assoprão por ali já nos deixa apreensivos.

Vi e revi a foto que mostra o lance sobre o australiano Haydn Peacock na liga francesa. Pensei: deve ter pego só na camisa. Quis ser otimista. O cara agarrou com tudo. Saco, bolas, colocou em risco uma vida. Sim, sem exageros, pois o coração do homem bate no peito e ali também.

Peacock já teve ter melhorado, pois usou as redes sociais para brincar com um CRIME que devia ter punição alta e sem direito a fiança.

"Não é a melhor razão para se estar na primeira página do jornal nesta manhã. A #rúgbileague, definitivamente, não é um esporte que eu recomendo. 11 pontos no meu pequeno amigo, mas ele ficará bem", postou.

11 pontos no Brinquedo! Rasgou o Danadão! Essa é a maior prova de que o rival queria castrar o australiano. Que coisa. Teria Peacock a esperança de fazer um bebê em breve? Por acaso a moça escolhida seria irmã ou parente do oponente? Que os gênios dos artigos de segurança criem logo o protetor escrotal. Credo.

Só um adendo. Para quem acha que essa foi a primeira vez de uma TENTATIVA DE HOMICÍDIO no rúgbi, em 2013 o jogador mordeu, MORDEU, o pênis de um oponente. Fim dos tempos. Estou pensando seriamente em comprar um cuecão de couro, como recomendava certo humorista. E falo sério.

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por