OUTROS

Artilheiro do Paulistão é demitido após briga. Veja outros indisciplinados

Fábio Hecico
Author
Fábio Hecico

Jogador de futebol ou atletas se acham acima do bem e do mal e vivem se envolvendo em confusão. Com a certeza que são intocáveis, adoram aprontar e depois sair dando risada. Mas os tempos mudaram e os espertalhões agora andam pagando o preço da indisciplina.

A bola da vez foi o meia Rodrigo Andrade, do Audax. Ainda desconhecido, o jogador é o artilheiro do Paulistão pelo Audax e se sentiu no direito de peitar as ordens do chefe. Bateu boca com o técnico Fernando Diniz e ganhou as contas.

Artilheiro do Paulistão é demitido após briga. Veja outros indisciplinados

E olhe que o esquentadinho já estava em sua segunda chance. No começo da competição, de acordo com o site da Band, ele também havia sido desligado por causa do temperamento forte. Ganhou um voto de confiança após prometer se comportar e ao pedir desculpas na frente de todo o grupo.

Após xingar novamente o treinador, acabou não recebendo outro perdão. E foi assim roda a carreira. Ele começou a jogar como Diguinho e adorava noitadas e confusão. Mudou de nome para ter vida nova e possivelmente terá de se batizar de novo.

Indisciplina no futebol é bem comum e já fez muitas vítimas. Vejam outros 'bagunceiros' que foram convidados a se retirar de um clube ou mesmo de sua seleção.

1 - Briga na boate

Convocado para defender a Alemanha, o atacante foi cortado por Joachim Löw após briga em boate com uma jornalista. Ele tomou o celular da moça que fez uma foto sua na balada de aniversário. Ele já havia sido multado pelo clube por outros atos de indisciplina e essa foi a gota d'água na seleção.

Artilheiro do Paulistão é demitido após briga. Veja outros indisciplinados

2 - Faltando e comendo

Adriano Imperador foi dispensado do Corinthians por justa causa. Sempre com problemas físicos e acima do peso, ele saiu por não conseguir nunca emagrecer e por faltar ou atrasar em diversas sessões de fisioterapia.

Artilheiro do Paulistão é demitido após briga. Veja outros indisciplinados

3 - Faxina na seleção italiana de vôlei

Mauro Berruto não perdoou um quarteto da seleção italiana de vôlei que abusou da noitada no Rio e perdeu a hora de voltar para a concentração. Os ídolos Zaytsev e Travica, além de Sabbi e Randazzo foram cortados da fase final da Superliga.

Artilheiro do Paulistão é demitido após briga. Veja outros indisciplinados

4 - Maicon sai da seleção brasileira

Até hoje não ficou muito claro, mas o lateral-direito Maicon foi dispensado da seleção brasileira por indisciplina em 2014. Gilmar Rinaldi não revelou o motivo, mas o jogador teria voltado para a concentração apenas 7 horas da manhã.

Artilheiro do Paulistão é demitido após briga. Veja outros indisciplinados

5 - Náutico 'chuta' Leandro Euzébio

Contratado do Fluminense, Leandro Euzébio chegou com tudo do Náutico. Recepção de gala no aeroporto e tarja de capitão. Dias depois, seu contrato era rescindindo após falta num jogo-treino que ele mesmo sugeriu. Faltou por problemas pessoais que não comoveram a direção do Timbu. Ele ainda estava levado a molecada para mau caminho, anunciou o clube.

Artilheiro do Paulistão é demitido após briga. Veja outros indisciplinados

6 - Bye bye Londrina

Sempre polêmico, o meia Celsinho foi demitido pelo Londrina após chamar o time de merda e discutir rispidamente com o gestor do clube, Sérgio Malucelli no vestiário.

Artilheiro do Paulistão é demitido após briga. Veja outros indisciplinados

7 - Garanhões do Atlético Mineiro

André, Jô e Emerson Conceição foram encostados no Atlético-MG e obrigados a treinar em separado por 30 dias por terem levado mulheres à concentração em dia de jogo em Curitiba pela Copa do Brasil. Depois acabariam demitidos.

Artilheiro do Paulistão é demitido após briga. Veja outros indisciplinados

8 - Treze jogos no Flamengo

O meia Léo Lima teve passagem meteórica no Flamengo. Foram apenas 13 jogos, a maioria vindo do banco. Saiu pela displicência e por tentar agredir um torcedor com soco.

Artilheiro do Paulistão é demitido após briga. Veja outros indisciplinados

9 - Só na manguaça

O lateral Ley, uma das grandes contratações do Misto-MT foi mandado embora para o Acre, seu estado, após diversos aroa de indisciplina. O clube mato-grossense não aguentava tanta bebedeira do jogador.

Artilheiro do Paulistão é demitido após briga. Veja outros indisciplinados

10 - Rafael Ratão deixa o Santos

A direção santista devolveu à Ponte Preta o atacante Rafael Ratão, que era uma das apostas para a equipe sub-20 por causa do mau comportamento do jogador.

Artilheiro do Paulistão é demitido após briga. Veja outros indisciplinados