OUTROS

Contrato no Boca Jrs impede Tevez de ir a cassinos, paixão de muitos esportistas

Fábio Hecico
Author
Fábio Hecico

Carlitos Tevez escolheu jogar no Boca Juniors. Abriu mão de R$ 9 milhões para defender o clube no que foi revelado. Tanto amor traria privilégios, certo? Errado, o clube inclui no contrato muitas proibições ao jogador, como por exemplo não ir a cassinos.

Contrato no Boca Jrs impede Tevez de ir a cassinos, paixão de muitos esportistas

Site especializado em revelar contratos e negociações de jogadores, o Football Leaks informou que o argentino tem de seguir regras rígidas em Buenos Aires, com bônus por metas cumpridas.

"O jogador se obriga a não realizar atividades que possam afetar suas aptidões e/ou condições físicas e/ou psicossomáticas, como por exemplo praticar atividades ou esportes de risco, pilotar moto, jet-ski, jogar em casas de aposta, participar de jogos informais, etc...", mostra parte do contrato revelado.

Tevez, por enquanto, estaria cumprindo as regras. Evitar a jogatina parece missão dos argentinos. Osvaldo, que negociou com o clube, também teria cláusulas para voltar ao país. Entre eles, evitar fumar, beber e ficar distante dos jogos.

Atletas são apaixonados pelos jogos de azar. Ronaldo Fenômeno até virou profissional de pôquer. Na época de Corinthians, a prática era comum nas concentrações e até causou boicote e queda de Adilson Batista, que queria cortar o lazer dos comandados.

Contrato no Boca Jrs impede Tevez de ir a cassinos, paixão de muitos esportistas

O técnico Vanderlei Luxemburgo é um amante dos cassinos. Seu vício acabou gerando dívida de R$ 430 mil em cassino de luxo de Las Vegas. O treinador mantinha noitadas com jogador na época em que dirigiu o Palmeiras.

Contrato no Boca Jrs impede Tevez de ir a cassinos, paixão de muitos esportistas

Neymar, no computador, Cristiano Ronaldo, Piqué, a sensação do futebol inglês Vardy, são outros apaixonados por pôquer e cassinos.

Contrato no Boca Jrs impede Tevez de ir a cassinos, paixão de muitos esportistas
Contrato no Boca Jrs impede Tevez de ir a cassinos, paixão de muitos esportistas

Assim como o tenista letão Ernest Gulbis, que torrou toda a premiação da semifinal de Grand Slam de mais de R$ 1 milhão em mesa de Black Jack. E o piloto brasileiro Felipe Massa.

Contrato no Boca Jrs impede Tevez de ir a cassinos, paixão de muitos esportistas