OUTROS

De laranja, cinza, rosa, azul-marinho... Clubes enterram suas tradições

Fábio Hecico
Author
Fábio Hecico

O Corinthians foi se apresentar na Flórida Cup de...laranja. Ao invés de mostrar ao mundo que é um clube alvinegro de tradição,resolveu utilizar a terceira camisa que só serve para ganhar dinheiro de torcedor. Da mesma maneira, o Palmeiras deixou a Copinha, diante do América-MG, atuando de cinza. Não é alviverde? Vai entender. Para piorar, vimos na Europa Juventus e La Coruña atuando de rosa. Tudo isso apenas no fim de semana.

De laranja, cinza, rosa, azul-marinho... Clubes enterram suas tradições

Com a invenção dos terceiros uniformes, aqueles que os torcedores mais fanáticos não aceitam, já vimos um desfile de camisas horrorosas pelos gramados nacionais e mundo afora. Outro alvinegro, o Santos também já inventou de atuar de azul-marinho. O São Paulo, famoso Tricolor do Morumbi, apostou em camisa bordô na qual o símbolo, seu grande patrimônio, estava escondido. Coisa horrorosa para angariar algumas moedas a mais.

De laranja, cinza, rosa, azul-marinho... Clubes enterram suas tradições

O marketing do Corinthians adora inventar. e até se destaca por belas campanhas. Mas nas camisas a história é bem diferente. Desde 2009, é um show de cores: roxa, roxa com preto, bordô, cinza, amarela, azul e agora laranja. No Itaquerão já veio o aviso: "O Corinthians é preto e branco", estampou a faixa da torcida. Mas como tem gente que adora estar atualizado e compram todas as novidades, é esperar para ver qual será a surpresa da vez. Logo inventarão o Timão de verde.

O Flamengo também nem bem mostrou a nova camisa e já entrou em rota de colisão com a torcida. Para homenagear o urubu, mascote do clube, a direção rubro-negra resolveu divulgar o novo manto nas redes sociais. A camisa preta até é bonita, mas ver a apresentação com alguém dizendo "Framengo", foi demais e as críticas comeram soltas na internet.

De laranja, cinza, rosa, azul-marinho... Clubes enterram suas tradições

O Estatuto do São Paulo jamais permitiu um terceiro uniforme. Mesmo assim, o clube resolveu burlas as regras e lançar a terceira camisa. Depois de uma vermelha, com símbolo em alto relevo, apagado, agora apostam numa bordô.

De laranja, cinza, rosa, azul-marinho... Clubes enterram suas tradições
De laranja, cinza, rosa, azul-marinho... Clubes enterram suas tradições

Assim como o Fluminense tem até oito camisas diferentes, o Palmeiras adora inventar.Joga de verde, sua tradição, mas sempre aparece com outra cor diferente: amarelo marca texto, azul e cinza são as invenções recentes.

De laranja, cinza, rosa, azul-marinho... Clubes enterram suas tradições

O desrespeito ao torcedor é a mesma coisa que imaginar o Internacional e o Atlético-MG de azul, o Grêmio de vermelho, Atlético-PR de verde e assim vai. Quer inovar? Que faça uma camisa diferente honrando as cores e tradição do clube.

E o lema também vale para os europeus, que adoram imitar coisas de brasileiros. Além de exportar aos montes a habilidade verde-amarela, agora apostam no mau gosto de criação de uniformes alternativos. Ver o Barcelona usando o amarelo marca texto é de doer os olhos. Ao que parece, vão agora ficar no azul clarinho.

De laranja, cinza, rosa, azul-marinho... Clubes enterram suas tradições

O rosa anda em alta e virou cor escolhida por Real Madrid, Juventus e Deportivo La Coruña. Verde limão também já foi vestido pela tetracampeã italiana. O Manchester City fica horrível de roxo e de marca-texto, assim como o Chelsea destoa de amarelão.

De laranja, cinza, rosa, azul-marinho... Clubes enterram suas tradições
De laranja, cinza, rosa, azul-marinho... Clubes enterram suas tradições
De laranja, cinza, rosa, azul-marinho... Clubes enterram suas tradições

O discreto branco ou preto serviria muito bem para quando as equipes não pudessem usar a cor tradicional. Afinal de contas, é um jogo de futebol, não um desfile de modas em campo.