OUTROS

Gosta de surfe? Veja os melhores momentos do lendário torneio de ondas grandes

Fábio Hecico
Yazar
Fábio Hecico

John John Florence não é mais apenas um jovem talentoso e promissor do surfe mundial. O jovem havaiano, aos 23 anos, finalmente escreveu seu nome na modalidade ao conquistar a nona edição do Quicksilver in Memory of Eddie Aikau no Havaí, o quintal de casa.

Aos 23 anos, ele superou 27 lendas do surfe e, com manobras radicais e de plástica impressionantes, ergueu o troféu que muitos surfistas sonham terem suas galerias ao dominarem ondas de mais de 10 metros de altura.

Um feito de gente grande. E vale lembrar que em 1992, ano de nascimento de John John Florence, a história já registrava três edições da competição.

John John Florence, o menino de Oahu, dominou, quebrou ondas e recolocou o Havaí no topo da competição.

"Estava ansioso por fazer parte disso, nervoso e pensava que só queria entrar no evento e apanhar algumas ondas", afirmou o eufórico Florence.

Apontado como um dos maiores surfistas do planeta, o jovem havaiano contou como respirava a competição. "Vinha de bicicleta logo pela manhã e senti a energia dos milhares que já estavam no parque. Vivi aqui a minha vida inteira e nunca tinha visto algo assim. Nunca tinha feito parte de um evento como este. Isto foi, sem qualquer dúvida, um dos maiores momentos da minha vida. Vencer foi um sonho tornado realidade, principalmente perante estas lendas. Muitos deles são os meus heróis", admitiu.

Quinto colocado, Kelly Slater é um dos gênios das ondas que serve de combustível para John John sempre buscar a perfeição.

Bater num ídolo (e em outros 26 surfistas da nata, os famosos Big Riders) consagrou o menino que todos falam ser o mais promissor da modalidade.

Agora é esperar por novas competições e olhar com mais carinho para esse novo garoto prodígio.