Histórias dos Esportes
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Histórias dos Esportes
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Histórias dos Esportes
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Ronda Rousey troca octógono por cinema

Fábio Hecico
há 2 anos5 visualizações

Os fãs de MMA não veem a hora de a estrela Ronda Rousey voltar aos octógonos para a revanche com Holly Holm. Mas a espera pode ser longa. Depois de afastar a hipótese de retornar a lutar no UFC 200, no meio do ano, a ex-campeã agora se envolveu de vez com o cinema. Ronda será protagonista de uma comédia, ao lado de Tina Fey. Elas estrelaram Do Not Bitches, da Universal Pictures.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Ronda Rousey troca octógono por cinema

Cansada da imagem de lutadora, Ronda não fará uma segurança briguenta como em sua aparição em Velozes e Furiosos 7 no ano passado. Ainda fez uma ponta em Mercenários 3 em 2014. Na comédia, ela será treinadora sem noção de um acampamento que receberá esposas mimadas de homens ricos. Imagine o que ela deve aprontar com as milionárias.

Ronda Rousey troca octógono por cinema
Ronda Rousey troca octógono por cinema

Ainda não está definido a data de lançamento do filme, com roteiro de Paula Pell, e produzido em parceria com Tina Fey. Ambas trabalharam juntas em irmãs.

Ronda não será vista apenas uma vez nos cinemas na temporada. Ela também aparecerá no remake de Matador de Aluguel, no qual fará o papel de segurança de bar interpretando por Patrick Swayze em 1989. Neste filme sim, a porrada vai comer solta.

Preparada para embalar na carreira de atriz, ela ainda está sendo cotada e até faz campanha na internet para protagonizar a Capitã Marvel, heroína que deve ganhar um longa em 2018. Ronda já faz lobby para ganhar o papel. Um filme sobre sua carreira também será produzido em breve: "Minha luta/Sua luta."

Ronda Rousey troca octógono por cinema

Eleita a atriz mais sexy do mundo pela revista Glam Mag publicada esta semana, a lutadora anda com moral nas produtoras. Ela comprovou que não é apenas músculos numa foto nua com o corpo pintado divulgada no começo do mês por MJ Day, editor da revista Sport Illustrated.

Ronda Rousey troca octógono por cinema

Westbrook, o gênio de cabeça quente do Oklahoma

Fábio Hecico
há 2 anos1 visualizações

Fora dos playoffs da temporada passada, o Oklahoma City Thunder surge como grande candidato a desbancar os favoritos Golden State Warriors e San AntonioSpurs na Conferência do Oeste.Para isso, conta demais com a inspiração de seu armador, Russell Westbrook. Jogador temperamental, acostumado a se envolver em confusão e, também gênio, dono de lances incríveis. E os dois últimos jogos do Thunder deixam uma pergunta no ar: qual jogador o time contará na fase final: o briguento que foi expulso em Dallas na quarta-feira ou o dono do triplo-duplo sobre Minnesota na sexta?

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Westbrook, o gênio de cabeça quente do Oklahoma

Westbrook é muito cabeça quente. Ele já brigou com o brasileiro Nenê - trocaram empurrões e acabaram expulsos - e, na quarta, se enrolou com J. J. Barea e causou enorme confusão, sendo agarrado pelo pescoço por Villanueva. Não contente, minutos depois, levou sua segunda falta técnica e a consequente exclusão do jogo ao novamente se desentender com Barea. Saiu com 15 minutos da partida falando cobras e lagartos e sem nenhum ponto na conta.

Justamente ele que na virada do ano havia feito uma promessa: depois de assistir vários vídeos e ver palestras de técnicos, garantiu que não se envolveria mais em brigas e em faltas técnicas. "Estou cansado das faltas técnicas", disse. "Vou mudar."

Westbrook, o gênio de cabeça quente do Oklahoma

Na carreira de oito anos são 72 faltas técnicas e quatro expulsões. Todas atrapalharam muito o Oklahoma dentro de quadra. Sem seu astro, sobra tudo para Kevin Durant, a outra estrela de Oklahoma, mas que não consegue se virar sozinho, sem a maestria deWestbrook. Durant, curiosamente, é quem mais dúvida que o parceiro consiga deixar de lado o lado explosivo.

Westbrook, o gênio de cabeça quente do Oklahoma

Westbrook, ao menos, vem mostrando evolução nos últimos jogos. Antes do deslize em Dallas, vinha de 20 duplo-duplos seguidos em bela sequência de bons resultados do Oklahoma. Diante do Minnesota, anotou seu 26º triplo-duplo da carreira. Foram 12 pontos, 11 assistências e 10 rebotes.

Ele chegou a 1002 pontos na temporada, com média de 24,4 por jogo. Com a cabeça mais fria o Oklahoma confia que pode, enfim, brigar por um título da NBA.Desde que deixou de ser o Seattle Supersonics, nem passou perto na briga pelo anel. Resta saber se Westbrook vai ignorar as provocações e também deixará a fama de amarelão na hora decisiva de lado. Façam suas apostas.

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por