Histórias dos Esportes
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Histórias dos Esportes
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Histórias dos Esportes
ic-spinner
Hikayeni paylaş
Sevdiğin hikayeleri ve yazarları bul ve takip et. İlham al, sen de kendi hikayelerini yaz. Hikayelerine arkadaşlarını davet et. Paylaş ve tüm dünyaya sesini duyur.

Ter melhor carro não significa pagar mais na Fórmula 1. Veja os maiores salários

Piloto de Fórmula 1 vive de adrenalina, alta velocidade. Adora fazer ultrapassagens, subir ao pódio e ganhar corridas. Para Fernando Alonso, tudo fica mais difícil com o péssimo carro da McLaren. Em 12° no grid do GP da Austrália, há algo do qual não tem do que se queixar. No quesito salário o espanhol dá de lavada na concorrência. É o "vencedor".

Sevdiğin konularda arkadaşlarınla işbirliği yap
Bu konuda yazmak ister misin? ▸
Ter melhor carro não significa pagar mais na Fórmula 1. Veja os maiores salários

De acordo com o site italiano Omnicorse, Alonso, bicampeão mundial, embolsa a incrível fortuna de € 36,5 milhões por ano para dirigir aquele" calhambeque", que por anos foi o carro mais veloz da modalidade.

Aparece como gostaria de ficar nas pistas, à frente do favorito da Mercedes, Lewis Hamilton e do desafeto Sebastian Vettel, da Ferrari. Veja a lista com os mais bem pagos na Fórmula 1 pelo ano de 2016.

1° Fernando Alonso, McLaren, €36,5 milhões

Ter melhor carro não significa pagar mais na Fórmula 1. Veja os maiores salários

2° Lewis Hamilton, Mercedes, € 28,5 milhões

Ter melhor carro não significa pagar mais na Fórmula 1. Veja os maiores salários

3° Sebastian Vettel, Ferrari, € 27,5 milhões

Ter melhor carro não significa pagar mais na Fórmula 1. Veja os maiores salários

4° Nico Rosberg, Mercedes, € 16,8 milhões

Ter melhor carro não significa pagar mais na Fórmula 1. Veja os maiores salários

5° Jenson Button, McLaren, € 10,6 milhões

Ter melhor carro não significa pagar mais na Fórmula 1. Veja os maiores salários

6° Kimi Raikkonen, Ferrari, € 6,4 milhões

Ter melhor carro não significa pagar mais na Fórmula 1. Veja os maiores salários

7° Daniel Ricciardo, Red Bull, € 5 milhões

Ter melhor carro não significa pagar mais na Fórmula 1. Veja os maiores salários

8° Felipe Massa, Williams, € 4 milhões

Ter melhor carro não significa pagar mais na Fórmula 1. Veja os maiores salários

9° Nico Hulkenberg, Force India, € 3,5 milhões

Ter melhor carro não significa pagar mais na Fórmula 1. Veja os maiores salários

10° Valteri Bottas, Williams, € 3 milhões

Ter melhor carro não significa pagar mais na Fórmula 1. Veja os maiores salários

11° Romain Grosjean, Haas, € 2,9 milhões

Ter melhor carro não significa pagar mais na Fórmula 1. Veja os maiores salários

12° Sérgio Perez, Force India, € 2,9 milhões

Ter melhor carro não significa pagar mais na Fórmula 1. Veja os maiores salários

13° Esteban Gutierrez, Haas, € 2,3 milhões

Ter melhor carro não significa pagar mais na Fórmula 1. Veja os maiores salários

14° Daniil Kvyat, Renault, € 680 mil

Ter melhor carro não significa pagar mais na Fórmula 1. Veja os maiores salários

15° Max Verstappen, Toro Rosso, € 440 mil

Ter melhor carro não significa pagar mais na Fórmula 1. Veja os maiores salários

16° Carlos Sainz, Toro Rosso, € 340 mil

Ter melhor carro não significa pagar mais na Fórmula 1. Veja os maiores salários

17° Felipe Nasr, Sauber, € 170 mil

Ter melhor carro não significa pagar mais na Fórmula 1. Veja os maiores salários

18° Marcus Ericsson, Sauber, € 170 mil

Ter melhor carro não significa pagar mais na Fórmula 1. Veja os maiores salários

Jolyon Palmer, Renault, (não divulgado)

Ter melhor carro não significa pagar mais na Fórmula 1. Veja os maiores salários

Kevin Magnussen, Renault, (não divulgado)

Ter melhor carro não significa pagar mais na Fórmula 1. Veja os maiores salários

Pascal Wehrlein, Manor, (não divulgado)

Ter melhor carro não significa pagar mais na Fórmula 1. Veja os maiores salários

Rio Haryanto, Manor, (não divulgado)

Ter melhor carro não significa pagar mais na Fórmula 1. Veja os maiores salários

Cinco fatos que tiraram o brilho do futebol mundial nessa semana

O espetáculo chamado futebol nem sempre termina apenas com a festa da torcida, a comemoração pelos gols ou pela vitória. Há sempre alguém que resolve manchar a história de um jogo, aparecer por algum ato infeliz. Este meio de semana com jogos importantes na Europa e América do Sul teve cenas lamentáveis, repugnantes e que só seriam menos dolorosas com a prisão de muita gente.

Sevdiğin konularda arkadaşlarınla işbirliği yap
Bu konuda yazmak ister misin? ▸
Cinco fatos que tiraram o brilho do futebol mundial nessa semana

1 - Racismo no Uruguai

Na derrota do Palmeiras, por exemplo, a torcida do Nacional do Uruguai fez uma festa encantadora. Mas um imbecil, retardado, doente, trocou a alegria de apoiar sua equipe pela provocação a um oponente.

E da pior forma possível: o racismo. Câmeras da Fox Sports flagraram o 'bandido' imitando um macaco para o atacante Gabriel Jesus. Merecia apodrecer na cadeia, mas sequer foi recomendado a parar com sua monstruosidade.

Não menos deselegante foram as cenas protagonizadas por torcidas de dois clubes europeus que jogaram fora de casa.

2 - Humilhando mendigas

Pela liga dos Campeões, o PSV visitou o Atlético de Madrid. Jogo parelho, decidido apenas nos pênaltis. Mas a barbárie aconteceu do lado de fora.

Holandeses humilharam mendigas espanholas atirando moedas no chão. Podiam dar uma esmola que seria lindo, mas preferiram zombar. Jogavam ao redor das mendigas apenas para vê-las rastejando pelo chão. Frustrante.

Cinco fatos que tiraram o brilho do futebol mundial nessa semana
Cinco fatos que tiraram o brilho do futebol mundial nessa semana

3 - Urinando em moradora de rua

Pela Liga Europa, o Sparta Praga fez bonito na Itália com 3 a 0 na Lazio. Já seus torcedores... Um grupo foi flagrado em volta de uma moradora de rua e um de seus destemperados torcedores resolveu humilhar aquela pobre pessoa.

No meio de muita gente, simplesmente tirou o pênis para fora das calças e urinou na pobre coitada. Sem responder, a senhora se levantou e deixou o local. Vagabundo.

4 - Invasão ao setor rival e briga

No clássico inglês entre Liverpool e Manchester United duas cenas chocantes. Na primeira, a torcida dos visitantes invade um local das arquibancadas do rival e ocasiona enorme briga com a polícia, seguranças e também fãs do United ao abrir bandeira provocativa.

5 - Usar tragédia para peovocar

A outra cena lamentável veio das redes sociais. O jovem Jordan Williams, revelação do Liverpool que está emprestada, comemorou a classificação com um post ofensivo. Colocou palmas ao lado de um avião, lembrando da tragédia de 1958 quando oito jogadores do United, mais 11 pessoas, morreram em acidente aéreo em Munique.

Sua conta acabou removida após repercussão negativa. E muitos torcedores do Liverpool reprovaram a atitude infeliz do jovem de 20 anos.

Cinco fatos que tiraram o brilho do futebol mundial nessa semana

Por essas e outras que há muito tempo não vou mais a um campo de futebol. No mundo globalizado o desrespeito ainda ganha de goleada. Uma pena.

Hikayeyi okudun
Story cover
tarafından yazıldı
Writer avatar