OUTROS

Insigne, terceiro jogador do Napoli assaltado pelos ultras, descumpre 'pedido'

Fábio Hecico
Author
Fábio Hecico

Em Nápoles agora é assim. Jogador que não participa dos 'eventos' patrocinados pelos ultras do Napoli e não o proporcionam o devido respeito (segundo suas próprias leis) viram alvo de bandidos da máfia Camorra. Lorenzo Insigne se tornou o bola da vez e, além de ver assaltantes numa moto levarem dinheiro e seus pertences, ainda ouviu um irônico pedido para que marcasse um gol diante da Fiorentina.

Insigne, terceiro jogador do Napoli assaltado pelos ultras, descumpre 'pedido'

O jogo do Campeonato Italiano aconteceu nesta segunda-feira e o atacante, ainda abalado com o susto levado no sábado à noite, não 'cumpriu' a sugestão dos ladrões no empate por 1 a 1.

Insigne estava com a esposa Genoveffa Darone em sua Mercedes parado em um semáforo quando dois meliantes em uma moto os abordaram. Apontaram a arma e levaram um bracelete de ouro, o Rolex do jogador e mais 800 euros. Sabiam que era Insigne e ainda fizeram questão de pedir o gol.

Insigne, terceiro jogador do Napoli assaltado pelos ultras, descumpre 'pedido'

Atacante e sua mulher deixavam a cidade no distrito de Vomero para se encontrarem com um casal de amigos. Insigne agradeceu por seus filhos não estarem no carro.

Insigne, terceiro jogador do Napoli assaltado pelos ultras, descumpre 'pedido'

Ele foi o terceiro jogador do Napoli a viver esta situação desagradável. Antes, Behrami (já saiu da Itália) e Hamsik passaram por assaltos idênticos. Perderam seus valiosos relógios.

Insigne, terceiro jogador do Napoli assaltado pelos ultras, descumpre 'pedido'

Namoradas de jogadores também viraram alvos destas gangues e vira e mexe são assaltadas.

Se até os ídolos da bola que proporcionam alegria agora são alvos do crime, melhor passar distante da cidade. E como a polícia não consegue acabar com essas ocorrências, fica no ar a pergunta: qual atleta do Napoli será a próxima vítima? Uma vergonha.