Lições de vida
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Lições de vida
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Lições de vida
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Carta para Jack. Garotinha emociona em tentativa de salvar o pai do alcoolismo

Fábio Hecico
há 2 anos3 visualizações

Eu chorei de emoção. Vi nesta carta um pedido que muitos filhos gostariam de fazer pelos pais. Todos querem o pai perfeito, ninguém quer perdê-lo para a bebida ou às drogas.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Baseado na história da pequena Laura, de oito anos, um vídeo foi reproduzido com uma carta escrita pela garota ao 'amigo' do pai. É triste, comovente e claro, dominou o mundo.

"Carta para Jack", é um pedido universal. Um aviso para aquele boêmio que esquece da família e a troca por uma mesa de bar. Que deixa de lado o mais importante de sua vida por uns goles. Espero que este pedido toque no coração dos pais e não tenha sido feito em vão.

Com narração em primeira pessoa, Laura lamenta a mudança de comportamento do pai, relata o sofrimento da família e pede que seu herói volte a ser o que era antes.

A iniciativa da ONG Bandeiras Brancas é um golpe duro na gente. Uma mensagem linda com final surpreendente e triste. Um duro golpe até para quem tem estômago forte. É bom refletir.

Torcida e Corinthians foram tratados muito bem no Chile. Respondam à altura

Fábio Hecico
há 2 anos2 visualizações

No futebol, jogar na casa do visitante sempre gera um clima hostil. É provocação dos donos da casa, vaias e até brigas. A estreia do Corinthians na Libertadores foi diferente. O Cobresal recepcionou o campeão brasileiro e sua torcida com carinho, deu tratamento vip e merece o respeito dos brasileiros na volta.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

O jogo foi no meio do deserto do Atacama e ficou parado por 12 minutos por queda de energia. Mas não se viu aquele tipo de guerra tradicional da Libertadores, com times acuados em campo, sofrendo com objetos atirados no gramado e pressão por 90 minutos.

Pessoas que acompanharam o clube em sua aventura a El Salvador, no Chile, foi de espanto e ao mesmo tempo alegria com tal receptividade. A luta é para que dia 21 de abril, no encerramento da fase, o Cobresal tenha a mesma receptividade na Arena Corinthians.

Para agradar o Timão, colocaram a música "Mamãe eu Quero". No intervalo, pelo sistema de som, agradeceram a presença do Corinthians e de sua torcida no estádio.

Disseram ser uma honra receber o clube e que estavam honrados em hospedar um jogo de tamanha envergadura. Que a gentileza não seja esquecida e ganhe retribuição.

#corinthians #futebol #cobresal

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por