OUTROS

Palmeiras e sua sina de apanhar por goleada. Veja vexames deste gigante do País

Fábio Hecico
Author
Fábio Hecico

O palmeirense não merece tanto desgosto. Na verdade, machuca ver qualquer time grande levar uma goleada. De time pequeno, então, nem se fala. E o Palmeiras parece viciado a dar vexames e a entristecer seu torcedor. Todo ano há uma goleada na conta.

A surra decepcionante de 2016 veio logo no segundo mês de bola rolando e diante de uma presa apontada como fácil. Quem em sã consciência imaginária uma derrota para o glorioso Água Santa, de Diadema? De goleada? Nunca.

Pois bem, o palmeirense está com a cabeça inchada neste finzinho de domingo de Páscoa. Aproveitando a piada pronta, o time levou um chocolate de uma equipe que não ganhava há seis rodadas, vinha de surra por 4 a 0 para o Novorizontino e deitou e rolou em Presidente Prudente.

Pobre Cuca, em que furada se meteu. No quarto jogo do treinador no clube, quarta derrota, desta vez por sonoros 4 a 1. A torcida já havia pichado muros e invadido a concentração para cobrar o elenco. Temo pelas próximas ações. Dá medo só de imaginar a nova "leitura da arquibancada".

Vamos voltar no tempo e ver esse péssimo vício palmeirense de apanhar sem dó quase todo ano, muitas vezes de equipes de menor porte.

2015 - Chapecoense 5 x 1 Palmeiras

2014 - Goiás 6 x 0 Palmeiras

2013 - Mirassol 6 x 2 Palmeiras

2011 - Coritiba 6 x 0 Palmeiras

2010 - Palmeiras 1 x 4 São Caetano

2008 - Flamengo 5 x 2 Palmeiras

2007 - Cruzeiro 5 x 0 Palmeiras

2006 - Figueirense 6 x 1 Palmeiras

2005 - América-SP 4 x 1 Palmeiras

2003 - Palmeiras 2 x 7 Vitória

2001 - Palmeiras 2 x 6 Fluminense