OUTROS

Torcida e Corinthians foram tratados muito bem no Chile. Respondam à altura

Fábio Hecico
Author
Fábio Hecico

No futebol, jogar na casa do visitante sempre gera um clima hostil. É provocação dos donos da casa, vaias e até brigas. A estreia do Corinthians na Libertadores foi diferente. O Cobresal recepcionou o campeão brasileiro e sua torcida com carinho, deu tratamento vip e merece o respeito dos brasileiros na volta.

O jogo foi no meio do deserto do Atacama e ficou parado por 12 minutos por queda de energia. Mas não se viu aquele tipo de guerra tradicional da Libertadores, com times acuados em campo, sofrendo com objetos atirados no gramado e pressão por 90 minutos.

Pessoas que acompanharam o clube em sua aventura a El Salvador, no Chile, foi de espanto e ao mesmo tempo alegria com tal receptividade. A luta é para que dia 21 de abril, no encerramento da fase, o Cobresal tenha a mesma receptividade na Arena Corinthians.

Para agradar o Timão, colocaram a música "Mamãe eu Quero". No intervalo, pelo sistema de som, agradeceram a presença do Corinthians e de sua torcida no estádio.

Disseram ser uma honra receber o clube e que estavam honrados em hospedar um jogo de tamanha envergadura. Que a gentileza não seja esquecida e ganhe retribuição.

#corinthians #futebol #cobresal