TRABALHO

Segunda parte:Caminhos Cruzados

GabriellaMiranda
Autor
GabriellaMiranda

Bharry começou a dirigir ,encostei a cabeça na janela gelada e observei oque se passava a fora ,eu sabia que aquela tarde seria como as outras ,sem graça ,sem vida ,sem nada demais ,como todas as outras.Então ,chegando no shopping ,Bharry perguntou as horas que ele queria que me buscasse ,eu falei que iria a pé  ,mas ele me impediu ,e disse que ficaria no carro.Subindo na escada rolante ,observei um garoto correr entre as pessoas ,logo atras vi policiais ,percebi que ele parecia encrencado ,passou no meio de mim.

- Me ajuda, por favor-disse cansado do meu lado.

-Oque aconteceu?-falei confusa

-Estão atras de mim ,-me olhou.

-Eu sei mas oque você quer que eu faça?

-Apenas retribua.

Ele me puxou contra seu corpo e me beijou ,senti sua mão na minha cintura ,fiquei sem reação naquele momento ,apenas senti minha pulsação acelerar rapidamente ,quando chegamos no segundo piso ,ele saiu rapidamente e correu para o banheiro feminino.

-Espera  aí!-gritei indo  atras dele.

Entrei no banheiro e o vi na frente do espelho respirando com dificuldade ,eu o observei aflita cansada.

-Pode me explicar oque aconteceu?-falei

-Nada -me encarou-obrigado por não me entregar ,só isso.

-Não pode me explicar pelo menos oque aconteceu?

-Olha aqui garota -foi até mim-não preciso dar satisfações da minha vida á ninguem.

-Mas você me beijou ...Eu quero saber qual foi a razão disso ter acontecido ,por favor ,é s isso que precisa me dizer.

Ele me olhou sério ,observei seus olhos azuis sobre mim ,fiquei pasma naquele momento .

-Estou sendo perseguido por uma bagunça que fiz em uma loja -suspirou-mas acho que agora está tudo bem ,só te beijei para distrair ,foi a única garota bonita que tinha na escada.

Além de estar pasma fiquei com as bochechas rosadas ,eu corei rapidamente sem saber se ficava parada ali em silêncio.

-Ah-falei suspirando-qual é seu nome?

-Do que importa?

-Eu só quero saber seu nome .

-Justin ,e o seu?

-Evelin...Evelin Gabriella.

-Espera ,você é a filha do presidente?

-Infelizmente sou-revirei os olhos.

-Droga!Beijei a filha do presidente!Vai me denunciar?

-Claro que não-ri-eu não sou dessas.

-Certo ...Então eu vou indo ,foi bom te conhecer.

-Espera!-falei séria-Não tem mais nada a me dizer?

-Só que você beija muito bem e tem uns belos peitos.

Fiquei sem palavras e observei um sorriso malicioso em seu rosto ,ri ,e então ele deu os ombros ,depois ,voltou novamente ,puxou meu braço e me beijou.