GAMES

Além de Resident Evil: 5 games para quem curte levar sustos

GameStoria
Author
GameStoria

Resident Evil 7 é o mais recente exemplar de um estilo de jogo que agrada em cheio aqueles que têm nervos de aço e está em dia com o cardiologista. Falamos dos games de terror, que ganharam popularidade nos anos 1990, passaram por uma queda em meados dos anos 2000, mas voltaram com força nos últimos tempos. 

A série da Capcom provavelmente é a mais famosa do estilo, mas passa longe de ser a única. Abaixo listamos cinco games que tendem a agradar quem curte passar medo com o controle na mão. Vamos a eles:

1 - Outlast

O jogo da Red Barrels foi lançado em 2013 para PC e no ano seguinte para PlayStation 4 e Xbox One. Nele, o jogador assume o papel de um jornalista chamado Miles Upshur, que decide investigar um hospital psiquiátrico no interior dos Estados Unidos, cujos pacientes se tornaram homicidas - obviamente a situação foge do controle.

A grande diferença de Outlast para outros games de terror está no fato de que o jogador não pode atacar os inimigos, restando fugir. Ah, importante: a maioria dos cenários é escura e, em determinadas partes, só é possível enxergar utilizando a câmera do jornalista em modo visão noturna, o que pode ser feito por tempo limitado dado o consumo de baterias do aparelho.

2 - Alien: Isolation

Alien é um clássico dos cinemas e Alien: Isolation é uma das melhores adaptações desse universo para os games. Lançado em 2014, tem versões para PC, PlayStation 3, PS4, Xbox 360 e Xbox One. Nele, o jogador controla a filha de Ellen Ripley, Amanda, cuja missão é investigar o desaparecimento de sua mãe.

Além de inimigos convencionais, o jogador precisa se preocupar com o alien em si. Amanda não pode matá-lo, então a ideia é criar maneiras de evitar a ameaça ou, em casos extremos, ganhar tempo para escapar. O game é recheado de sustos e, no geral, foi elogiado pela sua história.

3 - Layers of Fear

Neste game de 2016 para PC, PS4 e Xbox One, o jogador encarna um pintor cuja missão é terminar aquela que será sua obra-prima. Não haveria nada demais se o artista em questão não sofresse de transtornos psicológicos e se o game não se passasse em uma mansão para lá de macabra.

O game em si não apresenta combates, mas sim a resolução de quebra-cabeças. Isso não impede o jogador de levar alguns sustos consideráveis. 

4 - SOMA

Disponível para PC e PlayStation 4, SOMA foi lançado em 2015 e se passa em uma estação de pesquisa subaquática. Há diversos elementos de ficção científica envolvidos, mas o que realmente assusta é o fato de que as máquinas desta estação passam a assumir características humanas.

A progressão pelo jogo envolve a solução de quebra-cabeças, exploração do cenário e uso de furtividade. Da mesma forma, a história é explicada conforme o jogador avança no game, um fator que motiva ainda mais a enfrentar os sustos no decorrer do caminho.

5 - The Evil Within 

The Evil Within foi criado por ninguém menos que Shinji Mikami, o homem responsável pela franquia Resident Evil. No game, o jogador controla Sebastian Castellanos enquanto explora um mundo distorcido, repleto de criaturas bastante estranhas e armadilhas mortais.

A jogabilidade mistura combate com armas de fogo e momentos nos quais o melhor é fugir. Há um ou outro probleminha técnico, mas a experiência é positiva de maneira geral. Há versões do game para PC, PlayStation 3, PS4, Xbox 360 e Xbox One.