O mundo dos games
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
O mundo dos games
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
O mundo dos games
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

5 bons games lançados em 2016 que você (provavelmente) não jogou

GameStoria
há 10 meses2 visualizações

Ano a ano a indústria de games produz centenas de novos jogos. A oferta é realmente extensa e isso implica, invariavelmente, que não será possível jogar tudo por diversas razões: falta de tempo, falta de dinheiro ou, simplesmente, porque determinado game não teve destaque suficiente para chamar sua atenção.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

O ano de 2016 teve alguns casos que se enquadram perfeitamente nesse último quesito. A "falta de destaque" pode ter diversos motivos, como uma escolha infeliz para a data de lançamento, por exemplo. E não são apenas jogos obscuros que estão nessa situação: há games com nomes famosos que, simplesmente, não tiveram a atenção merecida neste ano. Listamos abaixo cinco deles.

1 - Titanfall 2

Misture um jogo de tiro com pegada futurista - mas sem exageros nesse sentido - e coloque robôs gigantes no meio da ação. Esse seria um resumo breve de Titanfall 2, game para PlayStation 4, Xbox One e PC. Entre as novidades em relação ao seu antecessor está o modo campanha que, apesar de curto, é bem intenso. É, provavelmente, o melhor jogo do ano que você não jogou e a razão para isso está na data de lançamento escolhida pela EA, publisher do game: entre Battlefield 1 e Call of Duty: Infinite Warfare, dois nomes de peso da categoria.

2 - Deus Ex: Mankind Divided

Não que Deus Ex: Mankind Divided tenha sido um game obscuro neste ano. Ele, porém, merecia um destaque maior pela cativante fórmula que mistura RPG, jogo de tiro e uma densa história em um mundo distópico que, apesar de futurista, não é muito distante da nossa realidade. O game dá sequência à história do superagente Adam Jensen, que possui diversos aprimoramentos biomecânicos em seu corpo que garantem habilidades sobre-humanas. O jogo possui versões para PC, PlayStation 4 e Xbox One.

3 - Furi

Definir Furi não é exatamente uma tarefa fácil: pensar em uma mistura de jogo de ação e pancadaria com game de nave (no melhor estilo R-Type) talvez fosse um bom caminho. A missão do jogador nesse game, basicamente, é enfrentar chefes de fase que demandam reflexo suficiente para desviar de tiros e atacar nas raras brechas. Tudo isso embalado por uma trilha eletrônica à la anos 1980 e um visual, no mínimo, psicodélico. Se você curte games mais difíceis e tem paciência para lidar com frustração, Furi é o seu game. Ele tem versões para PlayStation 4 e PS Vita.

4 - Quantum Break

Um dos grandes exclusivos do Xbox One neste ano (apesar de considerado assim, ele também tem versão para PC), Quantum Break foi cercado de expectativa. A fórmula parecia certeira: um jogo de tiro em terceira pessoa com narrativa cinematográfica e pitadas de ficção científica - o protagonista, Jack Joyce, é capaz de manipular o tempo. Há também elementos de séries televisivas, com capítulos sendo exibidos ao final de cada porção do jogo. Apesar de ter uma fórmula bem executada, o jogo acabou sendo ofuscado por outros lançamentos próximos, como Uncharted 4 do rival PlayStation 4. Não deixa, porém, de ser um game e tanto que merece ser jogado.

5 - Salt and Sanctuary

Gosta de Castlevania? E de Dark Souls? Se a resposta foi sim para essas perguntas, você PRECISA jogar Salt and Sanctuary. Disponível para PC e PlayStation 4, ele é um game de ação 2D que mistura elementos de RPG e exploração. Ou seja, você precisará ir e voltar no cenário em busca de itens e passagens, enquanto enfrenta perigos mortais e evolui seu personagem - ganhando novas habilidades de acordo com a classe de guerreiro escolhida. Outro destaque são os chefes de fase - e há mais de 20 deles -, cada um com uma estratégia própria e alta dificuldade.

Veja 5 games que estrearam nos anos 1990 e terão versões em 2017

GameStoria
há um ano3 visualizações

Os anos 1990 foram férteis para a indústria de games e revisitar a época é algo que está bem em alta no segmento. Além de videogames icônicos - Super Nintendo, Mega Drive, PlayStation etc - o período também marcou o surgimento de personagens e séries de games famosos.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Algumas dessas séries permanecem vivas e com novidades até hoje. Outras, entraram em um período de hibernação e despertam saudades nos jogadores. 2017, porém, é um ano que terá novidades para ambos os casos citados. Vamos a elas.

1 - Sonic

Depois da era de ouro do Mega Drive e da série Sonic Adventure do Dreamcast, o mascote da Sega alternou momentos bons e péssimos. Com a qualidade dos games seguindo em ritmo de montanha-russa, tudo que os jogadores mais queriam era uma volta às origens. Ou seja: games em 2D, fases coloridas e muita velocidade. Isso deverá ser atendido por Sonic Mania, game que sairá em 2017 para PS4, Xbox One e PC e tende a ser um belo presente de 25 anos para os fãs do mascote azul.

2 - Crash Bandicoot

O marsupial deu as caras em 1996 e foi criado para ser o mascote do PlayStation. A série principal, porém, foi até 2008, com Crash: Mind over Mutant, game que saiu para PlayStation 2, PSP, Xbox 360, Wii e Nintendo DS. Em 2017, o personagem voltará à ativa no PS4, ainda que não com uma aventura inédita. Trata-se da coletânea Crash Bandicoot N. Sane Trilogy, que terá os três primeiros games de Crash Bandicoot com visual totalmente refeito.

3 - Marvel vs. Capcom Infinite

Os anos 1990 também marcaram o auge de popularidade dos games de luta. A década viu o surgimento de Street Fighter II, de séries da SNK, como The King of Fighters, do violento Mortal Kombat e, por fim, dos famosos crossovers com personagens da Marvel. O que começou com X-Men vs. Street Fighter, em 1996, virou Marvel vs. Capcom: Clash of Super Heroes, em 1998. E essa série terá mais um capítulo em 2017, com Marvel vs. Capcom Infinite para PS4, Xbox One e PC, jogo que terá novidades do universo cinematográfico da editora em conjunto com a popular jogabilidade da série.

4 - Resident Evil

A série que ajudou a cunhar o termo "horror de sobrevivência" retornará em 2017 para aquele que promete ser o episódio mais assustador da série. Entre as novidades de Resident Evil 7, a adoção da visão em primeira pessoa é uma das mais notáveis - e que deverá assustar ainda mais para quem jogar utilizando a realidade virtual do PlayStation VR. O game marca um retorna às origens ao deixar de lado a ênfase à ação para adotar um ritmo mais cadenciado e tenso. Sai em 24 de janeiro, para PS4, Xbox One e PC.

5 - Wipeout

As corridas futuristas de Wipeout estrearam em 1995, no PlayStation, Saturn e PC. Houve diversos lançamentos até 2012, ano da chegada de Wipeout 2048 para o portátil PS Vita. De lá para cá, porém, nada de novidades. Já em 2017, a série ganhará um "novo" game: as aspas são justificadas pelo fato de que Wipeout Omega Collection, anunciado para PS4, será uma coletânea incluindo Wipeout HD, Wipeout HD Fury - ambos lançados para PlayStation 3 - e Wipeout 2048, game para PlayStation Vita. O conteúdo desses games deverá ser mantido, mas o visual passará por mudanças para se aproveitar do poder do novo videogame.

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por