GAMES

O Nintendo Switch foi apresentado e você precisa saber de algumas coisas

GameStoria
Author
GameStoria
O Nintendo Switch foi apresentado e você precisa saber de algumas coisas

A espera finalmente acabou! Após meses de rumores e ansiedade, a Nintendo finalmente revelou todos os detalhes do Switch, seu novo videogame que mistura características dos consoles de mesa com aparelhos portáteis. 

De cara, vamos ao mais importante: a data de lançamento foi definida para 3 de março, no mercado norte-americano ele custará US$ 300 e os jogos não terão trava de região (aleluia, Nintendo!). Há, porém, outros detalhes relevantes sobre o aparelho que qualquer interessado precisa saber. Abaixo listamos quatro pontos importantes sobre a novidade. Então não fique de fora!

O que vem no pacote?

O Nintendo Switch foi apresentado e você precisa saber de algumas coisas

Considerando os já citados US$ 300, o comprador leva pra casa: a parte principal do console - ou seja, a tela, que traz toda a unidade de processamento e capacidade de armazenamento de 32GB nativos, podendo ser expandida com cartões de memória; uma base para apoiar a tela, recarregá-la e conectá-la à TV; cabos HDMI e de energia; par de controles Joy-Con e um acessório que permite que eles sejam encaixados e se tornem controles com aspecto mais convencional e sejam carregados; e um par de tiras para prendê-los nas mãos e evitar indesejados acidentes.

Alguns itens podem ser comprados separadamente. E a má notícia é que eles sairão caro. Um controle convencional, chamado Pro Controller, sairá por US$ 70. Um par adicional de Joy-Cons, por US$ 80. Já uma base adicional custará salgados US$ 90.  Ainda não há informações concretas sobre o lançamento do videogame e dos acessórios no mercado brasileiro - a Nintendo não possui representação no país desde o início de 2015, mas a tendência é que ela volte com o novo videogame.

O que eu vou poder jogar no lançamento?

O Nintendo Switch foi apresentado e você precisa saber de algumas coisas

A lista de games já disponíveis no lançamento do console não é muito extensa, mas entre eles está o aguardado The Legend of Zelda: Breath of the Wild. Haverá ainda Just Dance 2017, o pacote de minigames 1-2-Switch, Skylanders: Imaginators e Super Bomberman R. Os mais saudosistas também poderão adquirir The King of Fighters '98, Metal Slug 3, World Heroes Perfect, Waku Waku 7 e Shock Troopers, games que fizeram sucesso no Neo Geo.

E o Mario? Antes que a resposta tenha alguma piadinha, o encanador bigududo fará sua estreia na novidade por volta de setembro, quando o jogo em mundo aberto Super Mario Odyssey chegará para o console.

Portátil mesmo?

O Nintendo Switch foi apresentado e você precisa saber de algumas coisas

De cara, a resposta mais direta seria "sim". Em sua concepção, o Switch foi criado para ser jogado tanto na tela da TV quanto de maneira portátil, quando os dois Joy-Cons são encaixados na lateral de sua tela, condição na qual a resolução dos games é reduzida de 1080p para 720p - algo pouco perceptível devido ao tamanho da tela de 6,2 polegadas do aparelho. O que pode atrapalhar um pouco a diversão é a autonomia da bateria, que tende a durar entre 2 e 6 horas, dependendo do grau de exigência do game jogado. A boa notícia é que ela pode ser carregada sem a necessidade da base. Fique perto de tomadas, portanto!

Quer jogar online? Terá que pagar!

Como todo console moderno que se preze, o Switch permitirá a disputa de partidas online utilizando redes wi-fi. Essa possibilidade, porém, será paga: a Nintendo foi rasa sobre esse tema, dizendo apenas que a rede do console precisará de uma assinatura e não divulgou o preço. Por outro lado, a haverá games de Nintendinho e Super Nintendo para serem baixados, mas, novamente, a empresa não disse se esses games estarão disponíveis gratuitamente para assinantes e por quanto tempo será possível jogá-los.