Retrô é hype
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Retrô é hype
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Retrô é hype
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

5 games que não deveriam ter ficado de fora do novo Super NES

GameStoria
há 4 meses2.8k visualizações
5 games que não deveriam ter ficado de fora do novo Super NES
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Fã é um bicho chato. Se o assunto é videogame, então, as coisas tomam proporções ainda maiores. E é claro que haveria reclamações sobre o Super Nintendo Classic Edition, nova versão do lendário console 16-Bits que será lançado ainda neste ano. 

Nesse caso, porém, o "mimimi" é bastante justo: há ausências consideráveis dentre os 21 jogos que virão instalados na memória do aparelho - o que inclui até mesmo Star Fox 2, game que nunca foi lançado. Algumas destas podem ser consideradas "falhas" em nível mundial. Já outras atacam mais diretamente a memória do público brasileiro.

Fazemos, abaixo, uma mistura dessas duas categorias e listamos cinco games que certamente alegrariam os futuros proprietários do aparelho. Vamos a eles:

1 - Chrono Trigger

Essa é a ausência mais óbvia. Lançado em 1995, o RPG pode ser considerado um definidor do gênero para a geração 16-Bits. Ao juntar uma versão aprimorada do sistema de combate por turnos e contar com passagens em diversas eras da linha cronológica relatada, a aventura de Chrono e seus amigos se tornou um game imortal. Repetimos: sua ausência é a mais inexplicável do pacote do SNES Classic.

2 - International Superstar Soccer Deluxe

Ao menos no Brasil, era difícil encontrar um dono de Super Nintendo que não tivesse gastado o controle nesse game de futebol da Konami. Com gráficos avançados - para a época, claro - e jogabilidade divertida, era uma escolha frequente na hora de reunir os amigos na frente da TV.

3 - Top Gear 2

Mesmo que a trilha sonora do primeiro Top Gear seja superior, Top Gear 2 era um game mais completo. Não foi exatamente um sucesso ao redor do mundo, mas o jogo contava com uma fiel base de fãs no Brasil e, ao trazer a possibilidade de melhorar o desempenho do carro comprando peças novas, abria um leque de possibilidades para uma jogabilidade que, em sua essência, era bastante simples.

4 - Demon's Crest

Uma adorável mistura entre game de plataforma (a moda de Mega Man, Castlevania e Ghosts 'n Goblins) e RPG de ação, Demon's Crest era um game belo e difícil. A jogabilidade era agradável e havia uma grande profundidade a partir do momento que o seu personagem, a gárgula Firebrand, poderia adquirir novas habilidades mediante a obtenção de itens.

5 - Mega Man X2

Sim, nós sabemos que Mega Man X está na lista do SNES Classic. A questão é que Mega Man X2 evoluiu praticamente todos os aspectos de seu antecessor. Gráficos melhores, jogabilidade igualmente afiada e mais segredos nas fases faziam parte do pacote. Não seria nenhum problema incluir os dois games no pacote do novo videogame, mas se tivéssemos que escolher um deles, certamente seria o X2.

Nintendo relançará o Super NES com direito a game inédito

GameStoria
há 4 meses1.4k visualizações
Nintendo relançará o Super NES com direito a game inédito
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

A gente já havia cantado a bola aqui e o que era especulação se tornou realidade: a Nintendo anunciou que o Super Nintendo, um dos videogames mais populares de todos os tempos - e ícone da era 16-Bits -, será produzido novamente. Assim, a empresa segue a lógica que fez com que o Nintendinho também voltasse à vida no ano passado.

A nova versão do videogame, chamada "Super Nintendo Classic Edition" já tem data para chegar às lojas: 29 de setembro, por US$ 80. Isso, claro, no exterior, uma vez que a Nintendo não tem representação oficial no Brasil.

Assim como o NES Classic Edition, o "novo" Super NES terá tamanho reduzido - uma imagem na caixa do aparelho mostra que ele cabe na palma da mão - e trará 21 games na memória. Dentre eles, está Star Fox 2, jogo que nunca foi lançado por ter sido cancelado durante sua produção. Os controles, por sua vez, terão o formato e configuração clássicos.

Há, porém, alguns problemas nisso tudo. Assim como ocorreu com o NES Classic Edition, o novo videogame não poderá ser usado para jogar qualquer coisa que não esteja na sua memória. A lista de games, que você encontra no link abaixo, traz grandes clássicos, é verdade, mas há tropeços inexplicáveis - a ausência de Chrono Trigger é uma delas.

Outra questão envolve a disponibilidade do videogame no mercado. Desde o seu lançamento até o fim de sua produção (o que ocorreu meses depois), o NES Classic Edition era quase impossível de ser encontrado nas lojas dos Estados Unidos.

Por ora, quem quiser o console precisa confiar na Nintendo, que afirmou que pretende produzir mais unidades do Super NES Classic Edition do que fez com a reedição do Nintendinho. A ver.

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por